quarta-feira, 28 de abril de 2010

Puma pelo mundo - Off-road (3)

Falei desse Puma aqui quando estava a venda no e-Bay e aqui também, um suposto pré-projeto dessa coisa. Agora o "menino" está aqui no Hemmings e faz parte do acervo de carros à venda pelo Museu Dezer, conforme me informou o meu amigo Péricles Cruz. Agora o valor subiu bem, está em 13 mil doletas, há um ano estava por US$ 4,500.00.

12 comentários:

sarue disse...

isso é hora de escrever no blog ?!!?!?!?!
abraços !

jean claude disse...

Gostei da pintura... E SÓ!!!

Anônimo disse...

Felipe,
Ainda bem que aí na tua firma tem 'a hora do cafezinho'.
Abçs,
Ronaldo

@MarceloSCamara disse...

Máquina mortífera 5?

Fernando Portilho disse...

Dos males, o menor!
Ainda bem que não está destruida, como aquele ridículo e estranho triciclo que já figurou no Blog.
O preço também, faz jús aos nossos Pumas.
Fernando Portilho

Goodtimes disse...

13.000 verdinhas???
Por essa "coisa"???
Nem fu....

smarca disse...

Dia destes estava eu refazendo o balanceamento das rodas do meu Puma (depois que troquei os discos de freio, pastilhas, rolamentos e retentores) quando, na oficina apareceu um suíço em seu Subaru Outback.

Enquanto esperava veio olhar meu Puma e disse que tinha um amigo na Suíça procurando um para levar pra lá. Pediu para abrir preço ...

Perguntei porque tanto interesse num carro deste tipo.

Respondeu-me que, sendo um VW a ar, não patina em subidas, algo bastante comum por lá diga-se de passagem, que nos dias de Sol torna-se um veículo muito legal para diversão naquele país, bastando trocar a placa do carro, mecânica robusta e manutenção barata.

Um adendo: Lá a placa não pertence ao carro, me explicou, mas à pessoa, que pode ter 2 ou 3 carros e colocar sempre a mesma placa naquele que vai usar. Um de cada vez, lógico. Isto me pareceu bastante coerente, porque uma mesma pessoa nunca vai poder dirigir 2 carros ao mesmo tempo. Então porque pagar impostos e taxas de emplacamento sobre 2 carros? Mas isso é a Suíça, claro.

Disse ainda que os Pumas são muito e cada vez mais valorizados por lá e que os preços estão cada vez mais altos. Vários suíços procuram, através de amigos residentes no Brasil, Pumas em boas condições para serem enviados para lá.

Achei interessante relatar para todos.

Em tempo ... recusei a oferta, mais uma vez, mas qualquer dia destes acabo vendendo o carrinho se continuar desse jeito, hehehe.

gabriel disse...

ainda bem que la nos Estados Unidos não existe IBAMA, porque senão nos poderiamos pedir para esse maluco ser enquadrado na lei de crime ambiental por tentar matar um felino Concolor. quanto a Suiça. eu vejo da seguinte forma: se fabricar carro de fibra não dá dinheiro como diziam ao Gurgel porque é que tem debiomental que diz que puma não presta. e depois dessa eu dou boa noite a todos, ai se eu tivesse

Luby disse...

Gostei..

Leo Gaúcho disse...

Nem fu... mesmo Luciano!!!(rsrsr)

Felipe Nicoliello disse...

Sandro,
Legal seu relato, que é a pura verdade em tudo que vc falou ou contou.
Os europeus pensam assim e o Puma usado indo daqui para lá, sai barato para eles. Peças mecânicas VW na Europa são muito mais baratas que no Brasil, como relatou meu amigo holandês Martin, que comprou na Inglaterra, um par de muflas novas para o ar quente por 30 dólares senão me engano, aqui pedem 300 reais.
Qto a placa ser da pessoa, aqui no Brasil não daria certo, já pensou, "roubaram minha placa e estão fazendo o diabo com ela" ou " carro roubado andando livremente pelas ruas com a placa do ladrão", só duas situações, imagine se os bandidos colocam a mente fértil em ação, aqui não dá, o país é muito grande.

gabriel disse...

eu que diga em 81 meu irmão tinha comprado um maverick 79 e o carro tava parado na calçada em frente de casa. pois ouvimos o barulho vindo de fora, e quando chegamos para ver o que estava acontecendo tinha um besra fera tentando roubar a placa da frente com um chave de fenda quando ele viu eu e meu irmão ficou todo sem jeito e saiu andando como se estivesse bebado.