terça-feira, 8 de novembro de 2011

Desrespeito - Placa preta

Podem tentar me calar, mas não vão conseguir. Nessa publicação as imagens foram fotografadas por mim, em via pública e todos os dados foram apagados. O crime estava lá para todos verem.
Esse é muitos daqueles casos: eu consigo, hahaha!
Vejam um Fusca 1966 brasileiro transformado em conversível. A VW do Brasil nunca fabricou o Fusca Conversível, mas esse em especial tem a placa preta... Que coisa!
E vejam quanta diferença com o Fusca Conversível alemão original fabricado de 1960 a 1969.
É muita cara de pau!
No canto do para-brisa o selo do clube emissor do Certificado de Originalidade que dá direito a placa preta. No outro canto a foto de um cabriolet original.É assim que me sinto quando vejo algo assim.

50 comentários:

Anônimo disse...

um absurdo criticar algo que efetivamente está dentro da lei...
desculpe, mas a pecha de idiota que vc mesmo se intitulou é coerente...
que adianta seguir todo escopo necessario para se conseguir uma placa preta no puma se o que vale realmente é a sua parcial opiniao, negando mtas vezes carros mais originais que outros.
o que vale para pedro, vale para paulo...
seria melhor o sr nao reclamar e nao dizer bobagens....

Samuka disse...

Não entendo de antigomobilismo, nem de carros placa preta. Portanto, leio e aprendo com quem entende e assina o que fala. Anonimato.... é coisa de quem não tem credibilidade, e sabedoria do assunto.
Assim sendo, continuo lendo o Felipe, que pode até errar, mas sei onde o encontrar e onde ele se acerta.

Dr. JMM disse...

Pois é. os desmandos tão sendo tamanhos que, infelizmente, acho que a placa preta vai acabar sendo banida. um caso que nem o que se afigura no momento, é assombroso, realmente. Um fusca cortado, vejam os cantos do quebra ventos, e comparem com o alemão, recebendo PP é de assustar. Adiro-me ao que disse o velho Felipe.

Anônimo disse...

kakakaka ... eu acho é graça de gente que tem carro placa preta com roda não original querendo dar lição de moral.... Brazil, zil, zil...

odilonx disse...

EU PENSO, QUE DEVERIA TER UMA PUNIÇAO AO CLUBE, E ATE MESMO DESCREDENCIA-LO JUNTO A FBVA PARA EMISSAO DE PP, POIS O QUE SE VE É UMA BANDALHEIRA,ONDE NAO SE TEM UM MINIMO CRITERIO E PRATICAMENTE RASGAM O MANUAL DO VISTORIADOR,ESTES CARROS ESTAO A SOLTA POR AI,RODANDO E DESFILANDO EM EVENTOS E REVISTAS, E NÓS QUE FAZEMOS DE TUDO PRA TER O CARRO ORIGINAL E RESPEITAR A PP,NOS SENTIMOS ENFRAQUECIDOS JUNTAMENTE COM A NOSSA PLACA....UMA PENA,ALGUEM PRECISA TOMAR UMA ATITUDE.

Felipe Nicoliello disse...

Criticar algo que está dentro da lei? Eu critico aquilo que está fora da lei, como seu carro está viu anônimo, completamente fora da lei.
A lei é clara, mas pessoas como vc querem achar brechas para se encaixarem. Tanto esse carro, como o seu carro, não atendem os requisitos mínimos obrigatórios, os itens EXCLUDENTES, ou seja, NÃO PODEM TER MODIFICAÇÃO NA CARROCERIA, NÃO PODEM UTILIZAR COR MAIS MODERNA; NÃO PODEM ALTERAR AS RODAS; NÃO PODEM ALTERAR O MOTOR.
Quem fez essa bosta de lei (porque toda lei no Brasil é uma bosta, só serve para alguns), foi pensando no melhor para representar um veículo da época. Agora, um garoto de 10 anos vai me perguntar: -Tio, esse carro era assim? E eu respondo, não foi modificado. E ele continua: - E porque tem placa preta? Aí eu respondo, pergunte para o anônimo do meu blog, o sabidão deve saber.

Felipe Nicoliello disse...

Ah! e só para ressaltar, esses sabidões anônimos são sempre os primeiros a comentar com criticas, mas nada fazem para contribuir, só destruir, já que não sabem fazer outra coisa. É por gente como essa, que esse país é uma MERDA!

Anônimo disse...

Vc continua o mesmo garotinho mimado do itaim!!!! rsrsrs

Marcos Gagliardi disse...

Mas também, botar placa preta em fusca cortado pra quê?? Todo mundo sabe que nunca teve fusca cortado de fábrica no Brasil. É burrice mesmo. O dono gastou dinheiro, porque sabemos quanto custa a PP comprada, e quem é antigomobilista jamais vai cair nessa.Ou seja, ele tem PP, mas não significa nada, bem diferente da GGT, este sim bem original e digno da PP, como quero que ocorra com o meu.
Ah, Felipe, a lei não é ruim, é a fiscalização que não existe e permite que pessoas ditas antigomobilistas usem a PP apenas para ganho pessoal, pois a verdade é que eles se lixam para a memória do automóvel e cobram o que querem para conceder certificados.
Quanto ao papo desse anônimo, nem percamos tempo.

iRineu disse...

Bom,

Eu ia mandar o link a seguir para a FBVA. Mas não mandei. É esse aqui: http://overtakingisfun.blogspot.com/2011/10/placa-preta.html

Não tenho nada contra carros modificados. Acho-os muito legais, inclusive. Mas... placa preta tem outro escopo, que é o de demonstrar que um dado carro pode ser tido como referência de uma época.

Já cansei de dizer também que algumas modificações que tenham sido bastante comuns em certos carros podem ser toleradas à época da vistoria para obtenção das placas pretas, mas sempre fazendo com que a pontuação do carro diminua.

Desse modo, no tocante aos Pumas especificamente, não acho nenhum absurdo desconsiderar a avaliação de um carro rebaixado e com motor alterado ou até mesmo com teto solar, já que a Puma tinha catálogo com várias peças de desempenho oferecidas por ela mesma.

E... Felipe, já disse pra não deixar o blog à mercê de babacas. É fácil fazer isso. No meu só publico comentários pertinentes. Além disso, liguei um "rastreador" de IP bastante preciso que me informa inclusive sua localização no Google Maps. Recomendo fortemente instalar isso.

Anônimo disse...

Pra quem quiser fazer uma belezura dessas é só acessar o site
http://www.capotasconversiveis.com.br
outra coisa esta placa preta pode ser
apenas uma placa pintada de preto
nao se pode afirmar que tem aval de algum clube,
e pra por mais lenha na fogueira
eu acho que esta porqueira nao pode ter placa preta nunca mas o da sulam deveria poder assim como a replica de porsche envemo pode
provavelmente tinha um diretor da fbva que na epoca da elaboracao do manual da placa preta tinha um porsche envemo

iRineu disse...

Ops!

Favor trocar a expressão "...desconsiderar a avaliação..." por "...CONSIDERAR a avaliação..."

Sorry

Felipe Nicoliello disse...

É só tem sabidões anônimos.
O selo de identificação não é comercializado e eu vi de perto, se tratar de um selo original, não uma reprodução. Acredito que a transformação foi feita posterior a vistoria pelo clube, coisa de espertalhão.
A Federação não criou essa lei, viu sabidão. Ela foi iniciada pelo jornalista e curador do Museu do Automóvel em Brasília, Sr. Roberto Nasser, que lutou por ela, conseguido o apoio de diversas pessoas e entidades do meio. Em reunião para elaboração das normas da lei, estavam presentes diversas personalidades do antigomobilismo, sendo discutida e aprovada por todos.
Sabidão, o Envemo pode sim ter placa preta por se tratar de um automóvel com fabricação regular e principalmente por estar registrado no Denatran, como um ENVEMO SUPER 90, assim como diversos outros pequenos fabricantes, como o Villa GT, registrado no Denatran e passível de receber a placa preta.
Já os Sulan, Cagan e tantos outros transformadores, colocando nos documentos veículos modificados. Se são modificados, não podem ser certificados, ou não tiveram produção regular e padrão para avaliação, era ao gosto do cliente.
PQP!

Anônimo disse...

eu sou o outro anonimo (que falou que tem gente com carro placa preta com roda não original) ... por que tem gente com carro antigo com roda não original e com placa preta concedida pelo jornalista e curador do Museu do Automóvel em Brasília, Sr. Roberto Nasser criador da lei da placa preta? Não era o Sr. Nasser que deveria zelar pela lei que ele mesmo criou? O que me deixa de queixo caido é que essa pessoa que tem um carro irregular vem aqui criticar outro veículo tb irregular. É muita cara de pau!!! PQP .. Brazil um país de tolos!!!

Anônimo disse...

sou outro anonimo

e o chamonix ?

Anônimo disse...

pra mim se a roda existia na epoca nao tem nada de mais nao desmerece a placa preta

Anônimo disse...

e o mg tf avallone pode ter placa
preta ?

Anônimo disse...

adesivo é fácil reproduzir vc verificou pelo número do c.o. ?
outra coisa lá em Juíz de Fora o Guilherme guarda as fotos dos
carros que foram vistoriados pela
fbva.

Anônimo disse...

sabidao só de puma a lei da placa preta do nasser é uma coisa e o manual de avaliacao é outra coisa veio

Anônimo disse...

JM a inveja mata, o cara não deve ter dinheiro nem para comprar as rodas do seu carro e fica tirando onda. para mim é demais..........

Anônimo disse...

O mais divertido de tudo isso é ver o "xilique" do Felipe!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk e mais kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!!!!!!

Mazinho Rocha disse...

Os anônimos já tiveram seus 15 minutos de fama. Vamos ao que interessa, no caso o desrespeito à lei e ao bom senso. Deixa o cara olhar pro PP falso dele e se "achar" enquanto todos sabemos que quem está se enganando é ele próprio. Quem sabe o dia em que ele conseguir, se é que tem capacidade, restaurar um carro que mereça a PP ele dê valor. Temos sim que orientar e mostrar aos menos esclarecidos como se faz um carro original.

Anônimo disse...

A proibição aos idiotas anônimos é a medida mais eficaz.

Anônimo disse...

Não sei a que carro o idiota anônimo se refere, mas se for ao do DR JM, é um coitado mesmo. O carro é 100% original de fábrica, até a pintura. Deve ser um propriotário de fusca, que não tem dinheiro nem pra comprar as rodas, acessórios de época que estavam no seu carro JM. É um coitado. O Felipe deveria, por questão de direito proibir postagens anônimas e excluir estas que já foram postadas.
Ass. Comedor do c. de Anônimos.

Sergio Campos disse...

Humildemente, com minha formaçao de sociologo eu creio que acontecimentos como este remetem a velha questao cultural de um povo. No Brasil "dos coroneis " é fato a "adaptaçao " ou o completo "esquecimento " das leis em beneficio de alguns "Gersons ". Infelizmente este nao é o primeirio carro cortado com PP que eu conheço, e nem será o ultimo. Questao cultural de um povo...

Fernando Portilho disse...

Felipe, seu conhecimento e postura te credenciam para falar sem precisar ouvir ANÔNIMOS idiotas.
Como tudo que é bem feito permanece, mais dia menos dia ficará flagrante as irregularidades das PP's.
Será como ostentar um "belíssimo" ROLEX falso no pulso.
Para quem conhece o assunto.....

ADRIANO disse...

Acho que não vale a pena tentar tirar a importância da denúncia com discussões que fogem do foco principal, ou seja, a concessão de placas pretas de forma contrária à legislação. A questão deve ser avaliada por outro prisma: Cabe a FBVA, na pessoa de seu presidente e toda a sua diretoria, fazer uma varredura em todo o Brasil para verificar o motivo da concessaõ de placas pretas a veículos totalmente fora dos padrões mínimos exigidos pela legislação e a regualmentação dos clubes a ela filiados. Se após este levantamento ficar constatado que determinado clube emitiu a placa sem critérios ou fraudando a vistoria, inclusive com o envio para a FBVA de fotos falsas, deverá ser sumariamente excluído dos quadros da FBVA. Se a fraude for do proprietário do veiculo, a FBVA deverá cassar a placa e comunicar ao Detran do Estado do proprietário e ao clube para que o sócio seja excluído. Entendo que este deva ser o foco: COBRAR DA FBVA UMA ATITUDE MAIS DRÁSTICA CONTRA ESTES ABUSOS QUE SÓ PREJUDICAM E DEPRECIAM OS VERDADEIROS AMANTES DO ANTIGOMOBILISMO NACIONAL.

smarca disse...

Eu prefiro me colocar de uma forma mais técnica e perguntar ao proprietário do Fusca Cabriolet:

1) Se este modelo não foi fabricado o Brasil é alemão, correto?
2) Suponho que o ano do seu carro é 1966, a julgar pelos numerais das placas. Isto está correto?
2) Se é alemão algumas diferenças externas perceptíveis chamam a atenção e gostaria que me esclarecesse:
- Porque os formatos dos quebra-ventos são diferentes, parecendo o quebra-vento do seu carro o mesmo de modelos fechados?
- Porque o encaixe da capota no cajado tem formas diferentes?
- Porque a cobertura de iluminação da placa do seu carro mais largo e mais moderno?
- Porque a tampa do motor do seu carro não tem as aberturas de ventilação presentes no modelo alemão?
- O retrovisor externo do lado direito é um detalhe insignificante, mas pelas fotos o seu parece ser diferente do alemão que é circular. Nem se de ao trabalho de responder este item, foi apenas uma pequena observação.
- A capota do seu carro tem um volume maior (é mais alta) do que o modelo alemão. Isto se deve à alguma particularidade que desconheço?
- Apenas por curiosidade gostaria de saber se o seu carro é 6V ou 12V.
Como pode notar, e todos podem também, estou apenas querendo algumas informações sobre o seu carro, pois talvez eu desconheça este modelo e gostaria de aprender mais sobre ele.
Fico no aguardo e agradeço desde já qualquer informação que puder me fornecer para que eu possa aumentar meu conhecimento sobre este modelo.
Se preferir escreva para jsdslvnc arroba gmail ponto com

Anônimo disse...

smarca....vc deve ser um idoso pretencioso... ninguem aqui quer saber seus conhecimentos...
vá jogar dominó na pracinha....

Felipe Nicoliello disse...

Chamonix quando completar 30 anos poderá ter PP. Avallone e outros dependem dos registros. Se tiverem códigos da marca e modelo registrados no Denatran podem.

A lei do Nasser é sobre o assunto Certificado de Originalidade para carros originais com trinta anos ou mais.O Manual é a forma para aplicação da lei.

Quem tem xilique é o ...da sua mãe.

Existem duas formas de um clube ser credenciado para emissão do Certificado de Originalidade que dá direito a placa preta:
1a. O clube se cadastrar diretamente no Denatran e pleitear a função, não sendo obrigado a se reportar a FBVA.
2a. Fazer parte do quadro de associados da FBVA e se crendiciar para emissão do C.O., que será emitido pela FBVA com avaliação do clube associado.

A FBVA não tem domínio sobre todos os clube, pq no Denatran tem cadastrado: Clube do Zé, Clube do João, Clube do Mané, Clube do Mário, Clube do Tal e a FBVA. Por isso que um clube que emite o C.O. pela Federação, o C.O. sai com nome da FBVA e assinado pelo presidente da entidade. Nos outros clubes, do Zé, do Tal, do Mário, o C.O. saiu com o nome do clube e assinado pelo respectivo presidente.
Portanto Adriano, não tem como cobrarmos somente da Federação. Seria mais viável se todos os clubes credenciados fossem obrigados a se reportar a FBVA, aí sim, ela teria o poder de vetar e moralizar.
Outro fato é que quase sempre os clubes não eram culpados e sim os proprietários que modificavam os carros após avaliação. Falei no passado, pq hoje existem clubes que foram criados por "despachantes" só para emitir o C.O. e para esses não querem nem saber.
Outro fato existente tb é a aplicação do código penal 171, falsificação, pq alguns pintam as placas cinzas de preto, se enquadrando nessa lei.

Quanto aos comentários anônimos e maldosos, isso é muito bom para sabermos o que temos entre nós e seus pensamentos, pq o jeito deles todos conhecem, covardes.

Felipe Nicoliello disse...

Sandro,
Esse Fusca é nacional sim e essa transformação é feita por uma conhecida empresa de Campinas, aí do seu lado. Eles cortam o teto logo após o para-brisa, sendo que esse permanece o original do carro. No Fusca Conversível alemão, o para-brisa é outro, quadrado, para encaixar o cajado da capota; o quebra-vento tb é outro, com a forma da resultante da capota e a porta tem um vinco na parte superior, para reforço, pois não tem a moldura.
E outra, veja o acabamento da capota que lixo perto da original alemã.
A Sulan transformava o Fusca em conversível, nos moldes do alemão, com troca de para-brisa, quebra-vento e modificação nas portas, além de colocar reforço no chassis. Outro que era perfeito era o Fusca Avallone, conversível igual ao alemão zero km, mas o corpo da carroceria era em fibra de vidro, utilizando os para-lamas e capôs do fusca doador, em lata. A VW do Brasil pediu "gentilmente" para o Avallone não fabricar, senão...

Luby disse...

Com toda certeza esta preciosidade foi cortada depois da obtenção da PP, não sei como é feito pois nunca tive interesse em colocar PP nos meus carros motivo da minha pergunta: de quanto em quanto tempo os carros com PP são re-vistoriados pelo clube que forneceu a PP ou depois da obtençao da PP nunca mais são vistoriados ?
Creio que de tempos em tempos os PP's deveriam ser vistoriados novamente assim acabaria com esta farra atual...simples né não ?

Felipe Nicoliello disse...

Luby,
Está na lei: de 5 em 5 anos nova vistoria. Alguém cumpre? Existem mecanismo para isso ser cumprido? Não. Somente no caso de uma transferência de documentos, se o carro estiver com o certificado vencido, o Detran volta automaticamente o carro para placa cinza e se o proprietário quiser terá que começar tudo de novo.
Mas se ficar sem mexer nos documentos, ninguém consegue tirar, nem o clube emissor.

smarca disse...

Bem, eu tentei dar uma chance ao proprietário "Anônimo".

Talvez ele tivesse algo a dizer, dentro dos princípios do respeito e educação.

Mas fui infeliz em minhas pretensões, haja visto o teor da resposta.

Se sou idoso isso não importa. Tenho 51 anos e, desde os 40, idoso pra mim é quem tem 10 a mais, hahaha.

Mas valeu pela resposta, caro "Anônimo". Já entendi o que é o seu carro e, provavelmente, já entendi que tipo de pessoa você é também.

Sim Felipe, é a Trocar. O serviço deles é bom, apenas não é original e muito menos PP.

E, diante da resposta que recebi, agora sinto-me no direito de dizer: esse Fusca é uma palhaçada total.

Triste! Brasilsão, republiqueta das bananas e dos "Gersons".

walter ramos disse...

Com Licença :
Vou opinar também!
Como Sergio Campos reforçou , as regras são instituidas para ordenar o comportamento dos individuos que vivem em sociedade.
Quem delas se afasta , fica a margem do comportamento social , ou daquilo que é aceito pela maioria.
Aqueles que desprezam tais regras , em beneficio próprio , talvez até tenham direito de faze-lo, porem não podem achar que estão certos ou que tem o mesmo direito daqueles que as estão seguindo .
Isto também vale para a aquisição da PP.
O amigo anonimo acabou gerando uma enorme polemica neste espaço , de modo desnecessario. Comportou-se indelicadamente com o Sandro na hora errada.
Essas criticas só visam uma melhora das relações interpessoais ao amigo anonimo .
Se o referido carro, alvo dos comentários , for de sua propriedade e vc estiver feliz com ele, desejo que assim continue , pelo tempo que quiseres. Acho que aceitar opiniões, mesmo desfavoraveis , faz parte do crescimento pessoal.
Venha para esse blog , sem rancor.
Prezamos a amizade e companheirismo.

Walter

Saci Perere sem cachimbo na boca disse...

Ué cade meu post??? E o cachimbo???

Felipe Nicoliello disse...

Ô macaco Saruê perdeu a perna e virou Saci? Depois que vc parou de pintar capacetes nunca mais foi o mesmo...

smarca disse...

Convesível Avallone, esse eu não conhecia.

O MG Avallone, fiel à estrutura mecânica dos MG originais, ou seja, motor dianteiro, tração traseira e diferencial, com mecânica GM Chevette, sempre foram meus preferidos em detrimento dos MP Lafer.

Raros, bonitos e repletos de detalhes que foram esquecidos pela Lafer.

Mas nunca tinha ouvido falar de Fusca Cabrio Avallone.

Deve ser show também!

Gozado que o Avallone nunca foi tão comentado na mídia, em comparação com outros tantos que conhecemos. Mas eu o respeito.

Felipe Nicoliello disse...

Sandro Conversível, sim pq tem o Sandro Coupê.

O Avallone era mais conhecido no meio automobilístico, pois construiu protótipos de corrida, além de ter sido piloto.
Esse Fusca poucos lembram, eu achei demais, pena a VW ter proibido.
Ele era um cara legal, a casa do meu escritório era da irmã dele, gente muito boa.

Felipe Nicoliello disse...

Putz, te que aguentar o JC já é um porre, agora tb o Saruê?!

Goodtimes disse...

Eu acho é graça disso tudo. Quem não tem argumentação parte logo para a ignorância. E isto é fato!
Eu nunca pretendi colocar uma PP no meu SP2 por vários motivos mas, principalmente, porque não me sinto no direito de ter uma, afinal várias peças do motor dele são cromadas, as rodas não são originais e o câmbio e as tampas dos cabeçotes são EMPI.
Eu posso ser até taxado de bobo, pois já tive ofertas de compra de PP, mas como falei meu carro não MERECE uma PP... e consciência não me deixaria em paz se eu tivesse comprado uma.
Consciência... isto falta em muitas pessoas.
Felipe, parabéns pelo seu EXCELENTE BLOG (com letras maiúsculas mesmo).

F250GTO disse...

O mais interessante é que a grande maioria de "Placas Tretas" que eu conheço, tem esse selinho pretinho, aí...
Romeu

Adão Emilio disse...

rsrsrsr, país de merda é frase minha, ne felipe. bem so quero esclarecer que jamais faria um comentrio como anonimo.
tenho maior respeito por voce e seu conhecimento sobre PUMAS, nao sei se meu ultimo comentario sobre PUMA placa preta ofendeu alguem nao foi esta minha intenção.
Um abraço especial a voce FELIPE.

Adão Emilio

Felipe Nicoliello disse...

Luciano,
Ah se tudo mundo tivesse seu pensamento, ainda bem que a maioria aqui do blog pensa como vc, e a maioria sempre ganha.
Romeu,
Eu também.
Adão,
Que isso, vc é nosso irmão querido, todos nós aqui gostamos muito de vc, claro que gostamos mais do seu lindo GTS.... rsrsrs

Adao Emilio disse...

e vemm ai a 69, a mais sexy das PUMAS, rsrsrsr
abçs a todos

Sergio Tempo disse...

Porque esses sabichões que colocam "Placa Treta", alias, muito bem colocado pelo Romeu, não procuram um clube de respeito para "tentar" colocar uma "PP" de verdade, tenho certeza que nem no agendamento para vistoria passariam.
Nosso clube faz inspeção anualmente nos carros em que concedemos a "PP", para que esses que se acham "espertos", não façam essas aberrações após colocarem "PP".
Felipe, com todo o respeito e consideração que tenho com vc, acho que essas mer$#@!¨das não deveriam fazer parte do blog, e não me venha falar em democracia.
abs indignados

Leo Gaúcho disse...

Realmente o fusca em questão não tem condição nenhuma de ter pp.Acho que o comentário do Serjeta é exemplo para todos os clubes, afinal, a cada ano sim deveria ser feito nova vistoria no carro a fim de manter a garantia da pp.Me adiro ao comentário do Luciano, afinal "Quem não tem argumentação parte logo para a ignorância. E isto é fato!" se referindo aos 'anonimos'!!!Eu também nunca tive interesse direto na obtenção de pp para um carro meu, mas também tenho conciencia, plena, que nenhum deles teria condições para isso, mas aí é que está a dignidade de assumir isso.Ao mesmo tempo vejo pessoas investirem milhares de dinheiro para deixar o carro 100%, e realmente ficam, mas diante de situações como esta, do fusca, são tratatos como idiotas, pois são comparados a tal.O pior é que o cara do fusca deve ter gasto uma grana preta, talves um valor que viabilizaria a vinda de um carro estes de fora.Em relação ao KG do DrJM, tenho a chave dele aqui, em mãos, liberado para rodar inclusive.Caso um dos anonimos quiser verificar ou fazer uma "avaliação" em relação a sua originalidade é só entrar em contato.Podem trazer um especialista em pintura, assim ele atestará que a pintura é original de fábrica, ou seja, nunca restaurado.Meu email todos tem, meus contatos também, afinal não preciso me esconder para ter credibilidade.Portanto entrem em contato e daremos uma olhada "inloco".

Luis Miranda disse...

Estou pesquisando tudo sobre Pumas e este blog está sendo fantástico.
Lamentavelmente porém vejo uma discussão importantíssima como as PP,ser conduzida com tanta baixaria.
Em menos da metade da discusão encontrar país de m...,PQP, Comedor do C... de sua mãe, b... de lei, o... da sua mãe, idiota, burro etc é decepcionante.
Principalmente qdo concordo com Goodtime (?) que o espaço tem sido bom demais e não deveria,a começar por vc mesmo Felipe, se prestar a isso.
E me perdoe, mas chega ser ingênuo de sua parte publicar anônimos e grosseiros, qdo vc tem (aqui mesmo nessa discussão) tanta gente séria e altamente qualificada para contribuir.
Por isso permita-me uma sugestão: sai dessa vida meu brother.Bloqueie baixarias e imbecis (anônimos ou não)e só dê espaço aos caras que realmente entendem e somam.Esses interessam.
Valeu.
Grande abraço.

Anônimo disse...

Srs.
Este veiculo quando fez a vistoria para obtençao do Certificado era original (temos o laudo com data e fotos), porem o veiculo foi cortado depois que ja estava com a Placa Preta. Em Sao Paulo, pelo menos, nao sei em outros estados ou municipios, um clube que emitiu o Certificado nao consegue cancela-lo, somente o proprietario que consegue, enquanto a Legislaçao da Placa Preta nao for rigida o suficiente, dando poder ao clube emissor pode cancelar um certificado que emitiu vai ser esta bagunça mesmo . . .

Lemos
Vice-Presidente do Fusca CLube do Brasil

Felipe Nicoliello disse...

Lemos,
Dava para imaginar isso, porque sei que vocês são sérios. O que deixa a gente revoltado é o pouco caso com a função da placa preta e como tudo nesse país, o negócio é bular para se dar bem. Só que nesse caso, o proprietário desse Fusca só vai enganar os trouxas e passar vergonha com quem entende de carros.