segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Anuncio (111) Carpete Tabacow

Assim com o Gálaxie, o Puma também usava o carpete Tabacow, popularmente conhecido como cabelo de nega. Hoje não existe mais, também com tanta "chapinha", o carpete sumiu. Brincadeiras a parte, a Tabacow ainda produz esse carpete apenas em cores, para utilização em edificações, a cor preta deixou de ser produzida há uns bons anos. Eles são irredutíveis na volta da fabricação, porque a cor preta gera muito trabalho de limpeza nas máquinas de produção, quando tem que trocar de cor.
A imagem foi cedida pelo meu amigo Mazinho.

19 comentários:

Marcos Gagliardi disse...

Então é só comprar o mais escuro que tiver e tingir de preto...

smarca disse...

Pensei a mesma coisa que o Marcos.

Após sua dica de que o carpete conhecido como cabelo de nega ainda é fabricado pela Tabacow, exceto na cor preta, se for isto mesmo fica fácil comprar um lote e mandar tingir. Ou mesmo uma metragem para um único carro a ser restaurado é possível.

Vou deixar isso anotado para o caso de algum dia tiver que re-restaurar meu GTS.

walter ramos disse...

Será que é facil tingir carpete?
Qual a anilina propria para isso?
Quem faz?

Walter

Felipe Nicoliello disse...

SEI NÃO SE É FÁCIL TINGIR...

Marcos Gagliardi disse...

Minha mãe uma vez inventou de tingir uma calça branca minha de PRETO!! Comprou uns tubinhos de pó próprio para isso, acho que no Brás, e tingiu a calça em casa. Acho que ferveu água numa panelona e mergulhou a calça com a tinta lá por bastante tempo. Ficou perfeito. Há que se considerar que o carpete do carro não ficará exposto a intempéries, portanto durará bem mais que uma calça tingida de preto, que sempre estava na máquina lavando e desbotando.

gabriel disse...

ei pessoal é isso ai que o marcos falou compra-se a tinta em pô e ferve a agua com a tinta, e depois mergulha o carpete no caldo e espera a sopa ficar pronta. dá trabalho mais fica muito bom minha mãe quando era viva fez muito isso pra gente tingindo calça e camisa. só tem um probleminha a tinta fede que só a gota como se diz aqui na paraiba e no nordeste eu vou peesquisar o nome da dita cuja e depois falo pra voçês

Mazinho Rocha disse...

Até prova em contrário ainda é fabricado, talvez não pela Tabacow mas coloquei no meu GTS 78 e no GTE 74 o "cabelo de nega". Vou mandar uma amostra pro Felipe pra ele constatar se é o mesmo.

Marcos Gagliardi disse...

Mazinho, pensa bem em enviar pro Felipe. Se não for o mesmo, já sabe né, arranca tudo do carro KKKK!

iRineu disse...

Não faz muito tempo achei esse carpete no Leroy Merlin. Mesclado cinza e preto. Perguntei pro atendente se dava pra tingir e ele disse que não.

Felipe Nicoliello disse...

Sim Mazinho é fabricado por outras empresas, na casa do tapeceiro em SP tem para vender, mas as alças são menores e os fios mais finos, qualidade inferior. Em compensação o preço é bem maior que da marca Tabacow, quase o dobro.

Analisando melhor, acho que o Irineu não tem razão. As roupas são fios de tecidos, nos carpetes são fibras sintéticas de Nylon, portanto diferentes no tingimento, mas acredito ser possível sim, com o uso de soluções específicas, acho que a frio. Precisa pesquisar o assunto, afinal como falei, a Tabacow não quer fabricar a cor preta, por causa do tingimento dos fios, se eles tingem, pode ser tingido. Agora não sei se uma vez tingido de uma cor, pode receber outra. Mas como a cor a ser tingida (preto) é predominante, acho plenamente possível.
Mas uma coisa tenho certeza, em química uma coisa não se aplica a outra.

iRineu disse...

Quem não tem razão é o atendente do Leroy Merlin. Tô vendendo o peixe como comprei. Não entendo nada de tecelagem e tingimento.

Felipe Nicoliello disse...

Não senhor é vc mesmo. Ora essa,ou seria a essa hora? Vc é engabelado e fica engabelando os outros...
E outra pare de comprar peixe em loja de material de construção, peixe a gente compra na peixaria ou na Vila Belmiro.

walter ramos disse...

MArcos:

Vc já pensou no tamanho do recipiente e na quantidade de tinta que deve ser usado para tingir uma metragem de carpete a colocar no carro?

Felipe e amigos

No Brás , Av. Rangel Pestana , quase esquina com Rua Piratininga, existe uma loja enorme , com estacionamento interno , chamada
GEMARCA , que vende carpete automotivo , inclusive o preto, buclê , usado em alguns carros .
A diferença em relação ao Tabacow está na espessura e tambem no entrelaçamento dos fios .O atual , é de 6mm, enquanto o Tabacow era 7mm . Falo isto porque tive a curiosidade de medir o carpete original que tinha no meu carro e que retirei um pedaço de amostra quando fui procurar para repor. As diferenças são pequenas e perfeitamente toleraveis em caso de substituição.
A CASA do TAPECEIRO , que fica na Rua Jairo Goes , proxima esquina em relação ao GEMARCA , vende o mesmo carpete com preço tres vezes maior ( pesquisa pessoal ).
Estou passando a informação pq conheço muito bem a região ( sou oriundo de lá ).Quem precisar, pode andar por ali; há varias lojas que vendem revestimentos e carpetes automotivos .

Walter

Felipe Nicoliello disse...

Walter,
Não sei as dimensões, fui medir o Tabacow e não consegui ver se tem 7, 8 ou 9 mm, além da idadeé difícil de medir. Eu tenho uns metrinhos dele, novo, para colocar no meu carro.
Já vi um como outro e pegando é que percebemos a diferença.
Mas melhor esse que nenhum.
A casa do tapeceiro que citei fica nesse local, o nicho da tapeçaria em SP.

Para saberem, no Puminha vão 7 metros se incluir o túnel, senão são 6 m. No GTB vão 9 metros.

Marcos Gagliardi disse...

Walter, tem que tingir na piscina 5x2, ou encher o Puma de água preta!

Felipe Nicoliello disse...

Por o Puma na piscina vai ser um problemão, ele bóia, mas encher o Puma de líquido, isso é fácil, e não vaza nada, pois a regra é o seguinte: entrar entra fácil, já sair...

Marcos Gagliardi disse...

Verdade!! KKKKK

walter ramos disse...

Bom Marcos:
Depois é só chamar o Sandro para promover a limpeza geral, pois nesse quesito parece que ele é imbativel.
Será que ele aceitaria a tarefa ?
Com a palavra o citado.

Felipe :

A GM tambem usou esse carpete bucle no Opala e Caravan nos anos 70 e 80 ( após , não sei ).
Minha querida Caravan Comodoro/84 , parceira do meu querido GTE/75 , tambem originalíssima , tem esse carpete no acabamento .

Walter

Anônimo disse...

Olá Feiipe e demais colegas. Como é do seu conhecimento, o França, possue um carpete "cabelo de nega" muito próximo do que era feito na Tabacow. Sem contar que lá, Puma e seus vários mnodelos chegam tinindo aguardando aquele toque "alfaiate".
TKS/Chico