quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Desrespeito

Todos sabem dos problemas enfrentados pelos paulistanos, aqueles problemas das grandes cidades. Em particular temos alguns a mais. Hoje, descendo a ponte estaiada em direção a Marginal Pinheiros, quebra o cabo do acelerador do Puma. Imediatamente parei, observando que lá na frente não haveria acostamento e nenhum lugar para parar em segurança. A placa me avisava que não poderia parar, exceto emergência. Claro que a placa não está lá à toa. Então me apressei em colocar o triângulo original Puma e o devido conserto.
Eis que derepente passa um veículo Ford Ranger da CET (companhia administradora do tráfego). Olham curiosamente o Puma, mas não param nem para olhar melhor o carro, quanto mais me ajudar com qualquer coisa.
Procuro a caixa de ferramentas básicas que tenho em cada carro antigo, mas não está no porta-malas por algum motivo, futuramente descobrirei o por que. E agora? Precisava de um alicate... Lembrei que sempre ando com meu canivete suíço e ele tem um pequeno alicate. Ajudou muito, para sair do local em que eu estava, mas não o conserto, afinal precisava de chave 8 e 11 mm para soltar as porcas que prendem o cabo e fazer uma "gambiarra". Onde estão aquelas autoridades do transito para me emprestar alguma ferramenta? Se eu estivesse cometendo alguma infração, pode contar que estariam a postos.
Conserto feito, provisoriamente definitivo, pois era para sair daquele local e acabei indo até o destino. No caminho quase errei a entrada na encruzilhada porque a placa indicando o local que eu queria estava dobrada. Aí lembrei que há quase um ano, tive o mesmo problema no local, pelo mesmo fato.
É infelizmente a prefeitura de São Paulo só fica Controlando nossos carros, os serviços continuam o mesmo há muito tempo. Desde os prefeitos Mário Covas e Jânio Quadros (década de 80), que não vemos mudanças nos serviços, apenas inaugurações de túneis e avenidas para marcar as gestões.

10 comentários:

Alex disse...

rsss.. Felipão, sábado desfrutei do mesmo fato. Se foi o cabo do acelerador.

Abraço e até Floripa.

Sergio Tempo disse...

Quem manda andar de carro "véio" de estivesse andando com um modelo 2011 não teria esse "probrema", hehehe

Luiz Paulo disse...

Cruzei contigo na Gabriel Monteiro da Silva, na segunda com o msm puminha... Isso me ocorreu um dia desses com o meu, mas como já estava perto de casa, só aceletei os carburadores e fui até em casa. Meu fusca já passou na controlar, depois de desmonta-lo todo, e arranjar um escapamento com catalizador, agora só falta a puma!!

Anônimo disse...

Felipe, com o devido perdão, as "otoridades" quer duas coisas de nós: que paguemos nossos impostos pontualmente e que nos foda... mos!
Abraços e parabéns pelo excelente blog!

Felipe Nicoliello disse...

Alex, foi o cabo do acelerador sim.

Serginho, Tô nem aí para andar de carro novo, eu gosto dos antigos, a gente arruma e vai embora. Certa vez em 1997 meu carro com 8 meses de uso parou na Serra do Mar, apagou tudo. Abri o capô olhei e ouço o Bruno falando ao meu lado: "E aí pai, você não vai arrumar? Você não entende de mecânica?" Nem preciso falar minha resposta. Aliás é bom eu nem falar... Isso em 97 quando você ainda via alguma peça no motor, hoje está bem pior, só se vê capas plásticas cobrindo tudo.

Luiz Paulo era eu mesmo, se estava de capota abaixada foi dia 22, se estava de capota levantada foi dia 28.

Anônimo, claro que é isso. Obrigado.

Sergio Tempo disse...

Felipe, o pior que é verdade, alias, mais alguns anos não teremos mais mecanicos com mãos sujas de graxa, teremos tecnico em informatica consertando os carros, hehehe, e fique feliz que arrebentou o cabo do acelerador, se fosse com um Renault, c'e tava ferrado, pois o acelerador é eletronico....
abs

smarca disse...

Aliás, pegando um gancho no comentário acima do Sérgio, quase já não temos mais mecânicos na verdadeira concepcão da palavra.

Vá a uma oficina com seu Puma e o mecânico muito provavelmente o designará ao ajudante iniciante, que deixará as válvulas e o ponto (muito adiantado) fora de regulagem ... equalização de carburadores ... o que é isto?

Por isso aprendi a fazer tudo eu mesmo.

Eliane disse...

Felipe,

Assino em baixo de tudo que escreveu aqui.
Ja passei por isso tambem!!! Só que não tinha um canivete pra ajudar na hora, tive que pedir socorro mesmo.
Muito boa sua materia.

Bjs
Eli
Puma Clube - 4 anos
Filiado a FBVA

João Cesar Santos disse...

Nesses casos, um quebra galho é calçar o sistema do acelerador cm um pedaço de madeira, deixando o carro com razoavel aceleração. Desta forma pode chegar a um lugar seguro para trocar o cabo.. Né Alex?

Alex disse...

o procedimento maquiavélico me salvou final de semana, rsss..

Para a viagem e amanhã, comprei 2 cabos de acelerador pra garantir.