sexta-feira, 5 de junho de 2009

Lanternas Traseiras GT, GTE, GTS, GTI, GTC

Lanternas traseiras desde os primeiros modelos
Começou com o Malzoni GT que utilizava lanternas inglesas redondas do Jaguar. Na traseira truncada do Malzoni ficam muito bonitas e bem esportivas.
A partir do Puma GT (DKW) a fábrica optou por um modelo mais barato e moderno, que também combinou bem com a traseira mais suave do GT. Essas lanternas eram as mesmas da dianteira do Chevrolet C-1416 e Veraneio, sendo que nesses veículos a lente era branca e no Puma fabricadas especialmente em vermelho.
No Puma GT (VW) continuou a mesma lanterna do GT DKW, deixando a traseira muito tímida, mas bem simpática. Abaixo o primeiro Puma GT VW de 1968.
Outro GT VW ano 1969, que dependendo da cor do veículo a lanterna ficava mais agradável.
A partir de 1970, com a chegada da Variant, a Puma optou por trocar as lanternas traseiras, para atender o mercado americano, que exigia a luz de ré e incorporou no modelo GTE nacional. Apesar de em 1969 já existir o VW 1600 "zé do caixão", com as lanternas bem similares, elas não serviram para utilização no Puma, porque a parte traseira da lanterna era arredondada, acompanhando o desenho da carroceria do VW 1600. Somente as lanternas da Variant, depois TL, que são retas, pode-se utilizá-las no Puma. Abaixo em dois GTE Spider, o 1971...
e o vermelho 1972.
No detalhe as lanternas de Variant, TL, originais com as inscrições da VW. Eram fabricadas pela Polimatic em acrílico muito duráveis. Hoje em dia só encontramos em marcas alternativas e de plástico, que não duram um ano se utilizada no dia a dia.
Com a nova carroceria em 1973, apesar do painel traseiro ser um pouco mais largo, as lanternas continuaram as mesmas.
Para o mercado europeu, a Puma instalava as lanternas do Saab Sonett, muito parecidas com as de Variant, podendo assim atender com mais facilidade o mercado de reposição de peças. Essa lanterna tinha uma particularidade de já conter a luz de placa integrada em suas extremidades, eliminando assim mais um item de reposição.
Com o lançamento da nova carroceria em 1976, as lanternas foram substituídas pelas lanternas da Kombi, instaladas em posição horizontal. Essa substituição se deve ao fato da modernização e novo painel traseiro, maior que o anterior, exigindo preenchimento melhor dos espaços. Essa lanternas eram bicolor, ou seja, vermelha (freio, lanterna e pisca) e branca (luz de ré), em virtude da mudança da legislação brasileira, onde o código nacional adotou o modelo americano, que utilizava as lanternas traseiras todas vermelhas, ao contrário do europeu, que adotava tricolor, âmbar (pisca-pisca), vermelho (freio e lanterna) e branco (luz de ré). Até então, cada montadora utilizava seu critério, geralmente o do país de origem. Nessa época os Puma exportados para Europa iam com as lanternas de Kombi tricolor e no mercado interno e americano com a bicolor. O modelo abaixo, um GTS 1976.
Abaixo um modelo GTS 1977.
Somente a partir de 1980, com a revisão do código nacional, as montadoras foram obrigadas a alterar novamente a cor do pisca das lanternas, agora âmbar. Como em toda legislação, sempre há um tempo para adequação nas novas normas e além disso houve uma revisão no decreto. Segundo minhas pesquisas, não existiram Puma com lanternas de Kombi na cor âmbar, como a foto abaixo.
No modelo 1981, uma modernização do produto levou a Puma adotar as lanternas traseiras do Brasília VW, que eram muito parecidas com as lanternas dos Mercedes top de linha. Ainda bicolor.

Com a nova legislação, as montadoras foram obrigadas a adotar os piscas em cor âmbar. O ano de 1981 foi o ano de transição, podendo haver os dois tipos de lanternas, bicolor e tricolor.

15 comentários:

smarca disse...

Gostaria de saber sobre a pintura preta em volta das lanternas traseiras da Kombi utilizadas pela Puma.

Até onde consegui saber a Puma as pintava com um preto acetinado, mas queria mais informações a respeito disto.

Hoje em dia vemos muitos Pumas com lanternas tricolores acrílicas mas com a borda incolor.

E poucos são os carros que exibem a lanterna bicolor (vermelho e branco somente).

Rinaldi disse...

Felipe

Voce esqueceu de falar aque as laternas apos 76 "de Kombi" tinham sua borda pintada em preto.

Fernando Portilho disse...

Felipe, mais uma aula no "Puma World", muito esclarecedora diga-se de passagem.
Pra mim permanece uma dúvida com relação as lentes da GT 68/69, uma seu relêvo é circular partindo do centro para as extremidades, a outra possui o relêvo com linhas na horizontal e linhas verticais com espaçamento de 6.0 mm entre elas.
Qual deverá ser aplicada na GT 69?

smarca disse...

Blz, o Rinaldi complementou o excelente post e esclareceu minha dúvida.

Obrigado!

Renato Bellote disse...

Também ficavam bonitos com as lanternas do Saab.

abs

Helio Herbert disse...

Com muita paciência e um pouco de sorte,ainda é possível encontrar componentes originais de fábrica em feiras de peças para autos antigos.
Além da Polimatic citada pelo Felipe a Hella-Arteb e a Cibié,também eram utilizadas de fábrica.

Caco12 disse...

Olá Felipe e amigos!
Acho que houve um engano com ref das lanternas traseiras usadas na Puma GTI. Basta ver a reportagem da Puma de Rallye do ano 81, as duas estão com as lanternas vermelhas, correto? Creio que foi em 1982, que as lanternas tricolores começaram a serem usadas. Essa puma vermelha GTI da foto é minha, e por sinal foi batida na traseira... vai voltar para restauração em breve! Abraços.

Anônimo disse...

As lanternas traseiras da Puma GTI 80, modelo 81, eram totalmente vermelhas, pelo menos na primeira serie. Felipe, que tal falar das sanfoninhas dos parachoques ?

Anônimo disse...

O comentario acima eh meu, saiu sem ID.
Samuca - Puma GTI

Felipe Nicoliello disse...

Bem pessoal peço perdão pelo erro. Isso que dá fazer a publicação correndo, sempre sem tempo. Farei a correção qto a lanterna do GTI GTC.
As lanternas de Kombi, como o Rinaldi falou, as bordas eram pintadas de preto fosco automotivo, que no acabamento final fica acetinado.
Outra coisa que não dei muita atenção foi para as lanternas de Saab, lembradas pelo Mário, Q Mário? da Pizza, que tb acrescentarei ao post.

Felipe Nicoliello disse...

Fernando,
Vou verificar.
Renato,
Além de bonitas no Puminha, eram bem mais funcionais(veja o que acrescentei na matéria). No GTB já não gosto tanto, prefiro as de Alfa, lembrando que as dos GTB serão publicadas logo.
Hélio,
Bem lembrado, mas vc sabe bem que as "queridinhas" eram Polimatic.
Guilherme,
Obrigado pela observação, vcs me ajudam a escrever esse blog.
Samuca,
Não tem muito que falar do assunto sanfona dos para-choques, mais sobre o por quê da utilização, mesmo assim obrigado pela sugestão, e pelo visto, os assuntos não acabam nunca...e pensando bem Samuca, até que o assunto é interessante, se vc puder me ajudar, pq sei que conhece muito de Puma, pode mandar para meu e-mail: felipe@pumaclube.com.br

Dario Faria disse...

Olá Fernando Portilho!
Eu tenho a opinião que as lanternas traseiras do Puma GT 1969 seriam as que tem formas de circulos inseridos uns nos outros,quase uma espiral e formando oque seria próximo ao desenho do "tunel do tempo",aquele seriado antigo que os dois amigos se aventuravam no tempo...Voltando as lentes,eu achei esta lente com linhas horizontais no mercado paralelo na scores ambar e cristal,e também já vi as outras com relevos em ciculos vendendo a um preço alto em feirinhas de peças e a marca desta com circulo seria da Leão,um antigo fabricante de lanternas para carros nacionais,mercado de reposição,no caso mercado paralelo e na cor vermelha.Ainda não comprei as lentes para o meu Puma e acho que tem um vendedor de peças que se chama Fernarnando da região de Guarulhos SP que deve ter esta reprodução em circulo,preciso confirma,eu sei que as lentes de acrilico,bolhas de faróis dianteiros do Puma GT 69 ele tem...
Um abraço.
Dario Faria

Fernando Portilho disse...

Dario, bom dia!
As lentes em linhas verticais e horizontais, comprei no norte de Minas, em uma loja de acessórios para caminhões (são transparentes), sua aplicação indica:caminhão Chevrolet C-60 a partir de 64.
Consegui aqui, as lanternas completas de muito boa qualidade, bom cromado, lentes âmbar, relevos circulares, indicando como aplicação: Chevrolet Veraneio, C1416 (todos).
A loja aceita encomendas, e entrega em 30 dias, a unidade custa aqui R$48,00 (quarenta e oito reais).
Em relação a Guarulhos, a pessoa a que você se refere, chama-se André, da Fernandez Acrílicos. ele não fabrica as lentes traseiras, apenas as dianteiras,( p/ lanterna do Fissore) suas bolhas são perfeitas na transparência, no encaixe e na metalização das bordas.
Caso você precise das lanternas completas, me avise que encomendo p/você e envio pelo correio.
As lentes horiz/verticais, apenas quando eu voltar ao norte são 850 Km daqui.
Abraço, Fernando Portilho.

Anônimo disse...

Vai aqui uma dica para melhorar a qualidade de lanternas plásticas de qualquer veículo. Internamente passa uma lixa levemente, só para fosquear, prepara (catalisa) um pouco de resina de poliéster cristal, e aplica com pincel macio em duas demãos, deixando sempre a primeira secar (4 horas). Dificilmente a peça vai trincar ou desbotar.

roberto disse...

Ola Amigos admiradores de PUMA assim com eu, estou adquirindo uma gts, no documento consta 1975 , so que ela tem carroceria da 76 com lanternas traseiras da kombi clipper. Queria sa
ber se saiu algum modelo assim ou a carroceria dela foi trocada. ABS...........