quinta-feira, 18 de junho de 2009

Fora de área - Squalo

Lançado em 1980 pela Dankar, o Squalo foi uma tentativa de melhorar a qualidade mecânica dos fora-de-séries no Brasil. Utilizando motor e cambio do Passat TS 1.6 em posição central, chassis tubular próprio, suspensão do Brasília, esse esportivo, apesar de bom, nem chegou a revolucionar o mercado, passando pela história quase desapercebido. Seu desenho moderno gerou discussões, agradando alguns e outros não, principalmente na traseira, baixa e tímida para um esportivo. A lateral lembrando um Puma GTE, com o vinco ao centro, harmonizava com as linhas do teto. Uma solução encontrada na dianteira, no lugar de um spoiler, não agradou muita gente. Mas tudo isso não é razão para a fraca venda do veículo, alguns outros itens devem ter sido mais relevantes, como o alto preço de CR$ 464.000,00 em 1980, sendo que um Puma GTE custava CR$ 276.850,00; Bianco S CR$ 361.780,00; Dogde Charger R/T CR$ 364.900,00; Ford LTD CR$ 469.897,00 e o Puma GTB S2 CR$ 600.981,00, o veículo mais caro nacional.

Se você possui um Squalo entre em contato com o Luciano Miranda ou o Rogério Foster para trocar informações e quem sabe formar um clube bem exclusivo.

8 comentários:

Luby disse...

Andei muito no primeiro carro feito pelo Aracildo,o Zeca um grande amigo meu comprou o primeiro carro fabricado se não me engano era um vinho metalico..

Felipe Nicoliello disse...

Luby, e o carro era bom mesmo?

Luby disse...

Sinceramente Felipe este do Zeca era uma M.. pois foi o primeiro usava um motor de passat TS e não andava depois creio que os carros melhoraram bastante e o Aracildo creio eu vendeu os direitos de fabricação depois nunca mais soube de nada, mas o primeiro é sempre carro de teste e sempre tem varios defeitos que ao longo do tempo vão sendo corrigidos ...

Cassiano disse...

Felipe, este daí juntamente como o Puma GT 4R são na minha modesta opinião, os modelos "fora-de-série" mais raros que se tem notícia feitos no Brasil.Abs Cassiano-Porto Alegre/RS

Felipe Nicoliello disse...

Luby,
Realmente os primeiros são terríveis, é o preço que se paga pela exclusividade. Lembro que em 1990, meu cunhado comprou o primeiro Kadett conversível, só faltava chorar pela compra que fez.
Cassiano,
É bem raro, mas antes dele e junto com o GT4R existem alguns veículos de expressiva importância (ganharam muita publicidade e história) e pouca produção:
- Capeta, feito pela Willys, um veículo produzido, com mecânica do Aero-Willys.
- Fúria, um veículo produzido, feito pelo Tony Bianco com mecânica do JK.
- Onça, seis veículos produzidos, feito por Rino Malzoni com mecânica JK.
- Hoffsteter, 18 veículos produzidos, feito por Mário Hoffsteter com mecânica Passat. Hoje disputado a tapa. A minha amiga Paula Polido de Bauru que o diga.

Anônimo disse...

Boa noite! Tenho um Squalo 1982 com motor de Passat, ar condicionado e outros acessório. O desenho do carro foi uma revolução, pois na época os outro carros tinham linhas quadradas, mas o Squalo é consubstanciado de linhas quadradas e arredondadas, fazendo com que ele paraça um carro dos dias atuais, além disso, com o motor entre eixo faz com que o centro de gravidade do carro fique mais próximo do meio . Conheci, hoje, um dos fabricantes do carrinho, ele disse que fabricou uns 8 e depois vendeu o molde.Gostaria de fazer contato com o Presidente do clube do Squalo para trocarmos informações, experiências adiquiridas e idéias... afonsomotta8@hotmail.com

Mauro Guerreiro disse...

Ainda devo ter uma foto de um Squalo verde que o amigo Jorge costumava passear pelo Méier na década de 70. Mauro guerreiro - guerreirodotempo@br.inter.net

Marina Sales disse...

Meu pai tem um. É vermelho e estamos a procura de um novo dono, que tenha interesse em cuidá-lo com carinho fazer um ou outro reparo.contato: (85)32248142 -Batista-e (85)9 86089772-Marina.