sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Revestimentos laterais internos - GT/GTE/GTS/GTI/GTC

Vamos abordar o tema revestimentos internos em parte, nos detalhes das laterais de portas e alguns equipamentos que as compõe.
Primeiro com o Puma GT DKW, que era revestido de courvin com um acabamento em friso cromado cortado a lateral de uma ponta a outra. As maçanetas são do Fissore DKW e o puxador de porta exclusivo Puma, que detalharemos mais adiante.
No Puma GT VW de 1968 a 1970, o revestimento da porta permaneceu inalterado, guardada as devidas proporções. Apenas a fixação mudou, sendo por parafusos com chapas estampadas formando uma aruela. Era o mesmo sistema utilizado no VW Kombi. Isto na época representava esportividade, já que os veículos de corrida tinham como conceito serem fortes, não importando o acabamento ou visual, antes de tudo funcional. Reparem que no GT a quantidade de parafusos de fixação era menor que no GTE posterior. Três parafusos na parte superior, três na inferior e dois em cada lado das laterais. Esses parafusos eram de diâmetro menor dos costumeiros encontrados, mais discretos.
Ainda sobre os GT, foi incluído um cinzeiro na lateral de cada porta, abaixo da maçaneta do vidro, o mesmo cinzeiro do...
... Fissore DKW, que por sua vez era igual ao dos Fuscas da década de 50, com o puxador em preto.
Quando do lançamento do GTE em 1970, a Puma modificou as laterais de porta, com um desenho mais simples e moderno. O sistema de fixação por parafusos permanece inalterado em posição, quantidade e tamanho. O cinzeiro - agora único - passou para o novo console.
As maçanetas de abertura das portas, assim como o mecanismo e fechadura ainda eram do Fissore. A maçaneta do vidro, vinda da VW Variant aciona a máquina de levantamento de vidro do Fusca, com o lado invertido para o Puma. Vejam o cinzeiro no apoio de braço do console, o mesmo utilizado no VW Kombi, porém pintado de preto fosco automotivo.
A lateral traseira também era de courvin com costuras na parte inferior formando barras verticais. Este desenho iniciou no GT 1968 e durou até 1972.
A costura que forma o desenho retangular das laterais de porta tem as dimensões grafadas na foto abaixo. Esse formato de desenho começou no GTE em 1970, no GTE Spider em 1971 e seguiu até 1976 na primeira série. A diferença fica por conta da quantidade de parafusos, um a mais, na posição de fixação e tamanho maior.
A partir de 1973, o courvin comum é substituído pelo courvin tipo "couro de porco", muito utilizado pelos automóveis europeus e principalmente os Porsche. Abaixo uma lateral ainda original, com mais de trinta anos.
Reparem no desenho desse tipo de courvin. O puxador de porta era revestido do mesmo material, com uma costura dupla ao centro. Era contornado por um largo friso de alumínio, que só aparecia sua borda.
Abaixo o puxador de porta com o mesmo desenho desde 1967 revestido com um courvin normal na foto abaixo.
No detalhe a parte escondida do puxador mostrando a largura do friso.
Mais um detalhe, agora do parafuso de fixação das laterais de porta a partir de 1973 com a chapinha estampada formando uma aruela. Essa chapinha de ferro muito fino, enferruja com muita facilidade.
Nos Puma até a primeira série de 1976, todos tinham pequenas laterais ao lado da porta na dianteira, com bolsas para objetos e pertences. Nas fotos abaixo, as laterais originais com courvin couro de porco, que também são fixadas com os mesmos parafusos e chapas estampadas. Neste caso foram colocados dois alto-falantes de 4" para o som frontal. A tela dos alto-falantes são da época.
Do extintor de incêndio era colocado na frente da lateral dianteira do lado do passageiro.
Na parte traseira, as laterais ganham novo desenho a partir de 1973. Basicamente uma costura fazendo o contorno do espaço, como nas laterais de porta. Neste carro os alto-falantes traseiros de 6" foram instalados nas laterais. Quero ressaltar que na época nenhum carro vinha de fábrica com som e alto-falantes instalados, ficando o serviço a cargo das lojas especializadas e ao gosto do cliente, portanto sem um padrão a ser seguido, apenas tomamos os devidos cuidados de instalar equipamentos do mesmo ano do carro, para não chocar. Tudo que se coloca, mais velho ou mais novo, choca muito.
Quando do lançamento da nova carroceria, em março de 1976, a segunda série, as portas mudaram, assim como as laterais. Agora com um novo sistema de fixação por presilhas escondidas, chapa metálica na parte superior e desenho com costura eletrônica (aquela que marca e molda o courvin pelo sistema a quente).
O puxador deixou de ser exclusivo Puma, passando para o puxador utilizado na linha VW mais luxuosa.
Abaixo o detalhe da lateral, onde à parte da chapa de fibras Eucatex é fixada na chapa metálica que encaixa na parte superior da porta. O revestimento de courvin é grampeado nesta chapa de fibras. Em toda a volta desta chapa existem orifícios para encaixe das presilhas que vão prender a lateral a porta. Importante é o plástico de proteção do eucatex, para quando água entrar dentro da porta, não molhar e estragar o material, que teme água e umidade.
Monocromático, uma opção que começou em 1979 e foi até 1984. Tudo era marron, courvin, puxadores, maçanetas e tudo dentro do interior do veículo, como botões, painel, volante, bancos, etc.
Nos modelos GTI e GTC, que mudaram bastante externamente, o mesmo não aconteceu em seu interior, mudando apenas revestimento dos bancos. As laterais permanecem inalteradas até o final da produção em 1984.
Nos GTI e GTC Export a única mudança era a tampa para fechar o buraco da maçaneta de vidro, que nesses modelos eram de acionamento elétrico.

13 comentários:

Anônimo disse...

Felipe, em praticamente todas as forrações mostradas de 76 a 80 estão presentes as travas de portas na forma de pino, você poderia esclarecer em que momento se usou travas de botões redondos,de girar. Valeu! Abraçc! Paulo

Ricardo Thome disse...

Fala Felipe!!!
Você saberia dizer onde da pra achar esses puxadores com o friso que você mencionou no seu post? A minha é uma GTS 75, e pelo que eu entendo esse seria o puxador correto, certo?

Abs e obrigado pela paciência de sempre! ;)

Alex Z disse...

Paulo, me antecipo ao Felipe ao ajudar o amigo. As travas redondas, eram usadas nas GTS enquanto os pinos nas coupes.


Mas, também tenho questionamento Felipão. Esses puxadores de porta 76 >, vc cita que são da linha VW "luxuosa". Entretanto, qdo troquei a forração o bocó que fez o serviço perdeu um dos lados e eu busquei por Brasília, Variant, raio que o parta e acabei encontrar um similar sendo vendido como do Chevette / opala.

Abraço!

Anônimo disse...

Olá Felipe, tenho uma PUMA GTE 77 e gostaria de saber como é colocado as pestanas do lado externo e interno, pois tem os retentores da pestanas,se colocados nao tem como colocar o quadro de porta.Será que tem como tirar fotos de como é feito ou explicar como funciona a colocação? Abraços Leandro

Anônimo disse...

Felipe, bom dia.
Meu nome e Nuno, moro no Rio de Janeiro ha mais de um ano acompanho seu trabalho, o qual muito me ajudou. Estou em fase final de restauracao de uma GTS 74, voce poderia me socorrer com dicas para a remontagem das portas.
Em tempo e a primeira ves que posto, parabens pelo belo trabalho e estou compilando as fotos da restauracao se for ded seu interesse lhe envio.
Grato Nuno.

Felipe Nicoliello disse...

Paulo,
Como o Zanolla disse apenas os conversíveis tinham trava de roldana, os coupé era trava com pinos do VW Brasília.
Ricardo,
Certo. Eu posso fazer esse friso, o meu problema é tempo.
Alex,
Sei lá, sempre soube que era linha VW, disse luxuosa pq existiu na VW puxadores mais simples para os Fuscas mais baratos. Se do Chevette são iguais para mim é novidade.
Leandro,
Escreva para mim e se puder mandar fotos do local fica mais fácil.
Nuno,
Obrigado.
Escreva para mim e pode mandar as fotos.

felipe@pumaclube.com.br

Marcelo Mapa disse...

Boa tarde Felipe,saberia me dizer se o puxador do cinzeiro de kombi que vai no console fica para frente ou para tráz? Acho que é para tráz, ou seja, mais próximo da parte trazeira da puma, mais fiquei na dúvida quando vi fotos da sua matéria sobre "bolota" do câmbio, onde aparece fotos das duas maneiras! Obrigado, Marcelo Sorocaba (não Mosca!)

Felipe Nicoliello disse...

Marcelo,
Os primeiros GTE a abertura do cinzeiro se dava de trás para a frente. Como os modelos para exportação tinham cintos de segurança, com a parte de fixação com cabo rígido, atrapando a abertura do cinzeiro. Por isso mudaram a abertura da frente para trás, permanecendo nos modelos posteriores, mesmo quando o cinzeiro de Kombi foi trocado pelo do Opala em 1974.
Portanto, 1971 abertura igual ao capô Puma GTE; 1972 em diante abertura igual capô Puma GT.

Giancarlo Proença disse...

Felipe, estou restaurando um GTE 1976 série 1 e estou na dúvida sobre a trava interna das portas. Se o botão circular era exclusivo dos GTS, onde vai o pino tipo da Brasília na porta? Se for pela reta da fechadura, ficaria muito alto, subindo na curva da porta, numa posição que não me recordo de ter visto em Puma nenhum. Inclusive nessa foto que você publicou, com as medidas da forração, não se vê pino algum. Agradeço se puder me ajudar. Abraços e parabéns pelo belo trabalho de "iluminar" o caminho dos pumeiros.

Felipe Nicoliello disse...

Giancarlo,

Nos Puma "TUBARÃO" como deve ser o seu, com as entradas de ar para o motor tipo guelras do guerreiro do mar, não tem pinos. A trava, apenas na porta do passageiro se dava na maçaneta de abertura da porta, igual da linha VW. Quando a alça tivesse empurrada para dentro estava travada a porta. Ao puxar destravava e abria a porta. Assim também era nos conversíveis com chassis iniciado por SP 143... Os Puma com chassis iniciado por SP 102... a trava se dava por botão redondo nos conversíveis e pino nos coupê.

Anônimo disse...

boa noite caro amigo Felipe Nicoliello estou aq para agradeser por vc entermediar com o amigo betao e fiquei satisfeito com as molas q o betao fabricou fico muito grato a vc muito obrigado pela sua atencao muito obrigado mesmo de seu adimirador Almir abraço . vlw amigao .........

Rafael disse...

Olá,

Tenho uma GTE 1977 e preciso restaurar a parte da fechadura completa. Você poderia me informar de que carro vem cada parte do conjunto (parte montada na carroceria, parte montada na porta, etc)? Grato,

Ewerson Reggae disse...

Galera, sou de Recife, tambem gosto de carros antigos. Hoje tenho um Fusca, mas sempre to de olho nos esportivos Puma...
Enfim, aqui perto mora um amigo do meu pai, que se tornou amigo meu tambem, se chama José, conversando com ele sobre carros antigos descobri que ele trabalhou um tempão na fábrica da Puma, e depois na Chamonix, e o cara passa a tarde inteira conversando sobre os Puma e sobre técnicas em fibra de vidro. Acho que se algum entusiasta do assunto Puma fizesse uma visita a ele sairia muito feliz, e cheio de lembranças e informações que so quem fez os carros sabe...
Até breve!