quinta-feira, 6 de janeiro de 2011

Fotos de época - A grande transformação

Quem irá me dizer que este não é um GTI 1981 ou 1982?Só mesmo o meu amigo Antonio Alberti Neto, como ele mesmo nos explica:
"Acho que as fotos em anexo pela qualidade acabam sendo um presente para a nossa memória do clube. A GTE da foto foi adquirida em setembro de 1979 quando eu tinha 18 anos e comigo permaneceu por cerca de dez anos.
Em 1982 eu fiz uma transformação na oficina que era do Hélio na Av. Sumaré e ela ficou como a GTI do ano, em cor branco perolizado. Onde será que ela andaria?
Um feliz 2011 a todos. Um abraço, Antonio"

A oficina a que se refere o Antonio era a Glasscar do Hélio Claro, que teve filial em Brasília-DF. Depois do encerramento das atividades em Brasília, a Glasscar de São Paulo mudou de endereço, nome e dono, passando a se chamar Superclar, de propriedade do irmão do Hélio, Celso Claro e mudou-se para Av. Lins de Vanconcelos, onde permanece até hoje.
O GTE do Antonio era bem bonito e muito original, reparem nos espelhos "raquete", emblemas e frisos pintados em preto e lanternas laterais de sinalização.
Claro, que nas mãos do meu amigo Hélio Claro, um excelente profissional, virou um GTI originalíssimo.
Como o Antonio mesmo disse é um presente para nós, porque nas fotos podemos ver os detalhes originais do modelo 1979 e 1982, tudo em um mesmo Puma, isso é demais!
Quando me perguntam sobre a altura dos Puma, o que digo é exatamente o que vemos nas fotos laterais, a frente mais alta que a traseira. Isso era original!!!!
E como sabemos que é o mesmo Puma, podemos ver que sendo como GTI parece ainda mais rebaixado na traseira, mas isto só é só ilusão de ótica. Devido ao grafismo da pintura - as faixas nas laterais inferiores e embaixo dos para-choques, adotados em 1981 nos modelos GTI e GTC - a impressão aumenta.
Mais originalidade em vista. As lanternas traseiras bicolores, dobradiças e friso traseiro em preto, além do emblema Puma GT 1600.
E na traseira do GTI, as lanternas do VW Brasília agora tricolores, como mandava a nova legislação em 1982. A foto abaixo e aquela do GTI de lateral, vemos ao fundo a agência bancária do Banespa da USP, na Cidade Universitária de São Paulo, edifício projetado pelo arquiteto Siegbert Zanettini. Me fez recordar que projetei e executei o paisagismo desta agência em 1981 e solucionei um problema de empoçamento de água na imensa calçada na frente da agência, depois da obra concluída, o qual o Sr. Zanettini acatou e resolveu o dilema que parecia sem solução. Mas isso só valeu para minha memória, na vida profissional continuou tudo a mesma coisa, como acontece com tantos profissionais subordinados. Fico feliz em ver que aquela árvore ao fundo do Puma fui eu que plantei, hoje deve estar imensa.
Sem dúvida a modernidade não fez bem ao desenho do Puma. Comparando as duas fotos abaixo podemos notar que e a fluidez das linhas e os detalhes do GTE eram bem mais harmoniosos que no GTI. A novidade tinha um preço alto para o estilo, assim como fazem atualmente com as sobrevidas de alguns modelos.

11 comentários:

Anônimo disse...

Um dos melhores posts até agora. Muito legal. E... aliás, como é bonito o GTE janelinha, não? Além do que, esse post me fez gostar um pouco mais dos GTI.

Irineu

Luby disse...

Comparando as duas fotos abaixo podemos notar que e a fluidez das linhas e os detalhes do GTE eram bem mais harmoniosos que no GTI.

Concordo plenamente com vc Felipe.
Abs
Helio

Rafael disse...

Essas fotos só serviram pra me deixar ainda mais na dúvida de qual dos dois é o mais bonito. Lindo trabalho.

Mazinho Rocha disse...

A uns 10 anos, sem ter o conhecimento de hoje, comprei um GTS/79 transformado em GTC. Prefiro as linhas do GTS/GTE.
Abraços,Mazinho!

smarca disse...

Nas fotos dá para observar também que os pneus eram os Pirelli CN36.

Sobre a traseira mais baixa que a frente, isto era uma tendência quase geral naquela época. Podem pesquisar modelos yankees e também os europeus, Mercedes-Benz por exemplo.

Particularmente nunca gostei e hoje em dia parece bem estranho, desde quando o design em cunha passou a predominar.

Belo Puma ... e também prefiro as linhas dos GTE/GTS aos GTI/GTC.

smarca disse...

Em tempo e não menos importante que o GTE/GTI ... plantar uma árvore é algo que trás um sentimento muito bom para quem o faz. Digo isto por experiência própria e com convicção.

Felipe, quando surgir uma oportunidade, tire uma foto da árvore que plantou ou apenas a observe novamente. Seja esta ou qualquer outra das muitas que deve ter plantado em sua atividade paisagística.

Isso é legal e o planeta agradece!

smarca disse...

Outra coisa que observei com estas fotos e nunca tinha me atentado antes: tinha me esquecido do tamanho das antigas placas amarelas.

E sempre me incomodou aquele espaço vazio que fica no meu GTS, sobrando fibra e faltando placa.

Agora caiu a ficha: o espaço era dimensionado de acordo com as placas daquela época, dannnn.

Felipe Nicoliello disse...

Sandro,
Isso é a coisa que mais fiz em minha vida, plantar árvores e observá-las depois. Esse observar é que entristece um pouco, porque as vezes elas foram sacrificadas pelo progresso ou não existem mais, por inúmeros motivos, desde depredação, podas erradas, falta de cuidados e até retirada porque faziam muita sujeira.
Existe um lindo Jacarandá mimoso - uma das minhas preferidas - aqui em frente a minha janela do meu escritório, ele nasceu sozinho em um jardim de laje, em cima do túnel Tribunal de Justiça, no canto desta jardineira. Só que o teimoso, achou um meio de se ligar com o solo natural e começou a crescer e alto. Aí vieram os "podadores" de plantão para limpar o jardim, se não chego em tempo, a árvore teria virado arbusto. Depois veio a Cia. de tráfego para podar porque os galhos estavam encobrindo o semáforo. Lá fui eu correndo novamente salvar o danado. Consegui que me ouvissem e fizeram a poda como tem que ser.
Hoje ele tem uns 8 metros de altura com DAP 25(diâmetro na altura do peito). Veja em http://www.pumaclassic.com.br/2010/06/dia-dia.html na foto, logo atrás do Puma amarelo, a árvore no canteiro central, lembrando que embaixo é o túnel que vai ligar com o túnel Airton Senna.

@MarceloSCamara disse...

Todos os Puma são belos mas, não sei porque, adoro os GTI/GTC... rs

Sandro,
sobre a placa, sorte do GTE/GTS que sobra fibra e falta placa. No GTI/GTC, por causa da posição dela, sobra placa embaixo. Nenhuma resiste 1 mês sem amassar, mesmo tendo feito no menor tamanho permitido por lei.

Abraço.

smarca disse...

Felipe, eu lembro desta foto, a do Puma amarelo em destaque a todos os outros carros cinza e branco.

Mas não poderia imaginar a história desta árvore que você contou tão bem.

E a danada está bonita demais, verdinha, encontrou realmente seu caminho. É uma guerreira, literalmente falando. Palmas para ela!

Quando vier a Campinas, gostaria que visse meu jardim. Costumo dizer que moro numa edícula em um terreno grande, embora dentro da cidade. São 1000 metros quadrados, dos quais mais da metade jardim. Só para você ter uma idéia, fora maritaca, beija-flor e micro beija-flor, joão-de-barro, bem-te-vi, canário da terra e por aí vai, fui presenteado com um casal de carcará que fizeram ninho numa das araucárias e tiveram um filhote. Aqui no meu quintal. Ave imponente, muito bela e solta como veio ao mundo. Ficam aqui por que querem. E, se quer saber, o joão de barro nem se mexe quando estou caminhando no jardim. Eu é que tenho que desviar dele. Pode? Perdeu o medo o danado, hahaha.

Quando, há alguns anos atrás o tratador deixou a gaiola das araras azuis do Parque Taquaral abertas e elas fugiram, todas elas, uma dúzia, ficaram por aqui uns 6 meses. Depois foram sumindo aos poucos. Não sei se foram embora ou se foram sendo capturadas e enjauladas novamente.

Fora outras espécies, são mais de 60 ciprestes, tuias azuis, tuia europa, araucária, etc. Jardim europeu, não tropical, embora tenha mantido uma quaresmeira nativa do terreno, por sinal florida atualmente.

Sujeira? Sujeira faz o homem no planeta, oras bolas.

Marcelo, nem imagino porque gosta dos GTI/GTC. Porque será? Hahaha.

Stephany disse...

Parabéns Felipe pelo Post.
Pelas fotos pode-se notar perfeitamente as diferenças entre os modelos.
Apesar de as linhas no GTE serem mais harmônicas, não troco minha preferência pelos GTIs.
Obrigado