quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Dia após Dia

Um Puma muito original, bom de restaurar nesses condições... Podem fazer seus comentários, esse merece.

12 comentários:

Luciano Miranda disse...

Realmente, vc tem razão...! o carro vale uma restauração pois está bem original. Gostei. E aí, Felipe, aproveitando a oportunidade, me dê então sua (valiosa) dica de preço (justo) para este carro...rs!
Abs

Cesar Costa disse...

Pecado... Tem uma conhecida aqui no Rio que tem um 79, vermelho, desde zero, mas o carro está parado há uns três anos, segundo ela, na garagem do prédio. Já tentei convencê-la a me vender, mas há um ano ela diz que vai recuperar o Gastão (assim ela chama o carro), que está todo original.

Gonçalves disse...

Felipão é realmente um "arquepumólogo" é inacreditável como ele encontra estas coisas Este pareçe que vale restaurar, não está rebaixado não tem marmotices...pena que falta o frizo no para-brisa. Se fosse eu que tivesse achado já tinha dado uma oferta!!To doido pra me meter em outra encrenca he he he...

MSalinas disse...

Felipe, achou o dono ou está abandonada?

Felipe Nicoliello disse...

Moçada,
Sabe como é, o meu faro de felino é bem aguçado...
Essas fotos foram feitas em 2008, quando eu voltava de uma obra do meu filho. Quando estou lá tirando fotografias, aparece meu filho que fez o mesmo caminho e já foi logo avisando: - Nem ainda, o cara não vende! Está por aqui faz tempo, cada hora em um lugar estacionado.
Luciano,
O valor justo seria por volta de seis mil reais, porque ainda vai muito $ na restauração, mas vale a pena, apesar de estar feio, o Puma não foi muito mexido e mantém uma grande porcentagem de originalidade. Aos meus olhos parece que nunca foi batido.

Felipe Nicoliello disse...

Só outra coisa, os para-choques são originais, pelo menos os traseiros vale restauração.

thiago disse...

Olá Felipe,

Faz tempo que não comento aqui, mas continuo acompanhando o blog. Eu conheço esse Puma há algum tempo. Aliás, tenho toda a ficha dele. É um 78 e realmente o dono não vende nem a pau. Já me informei nas redondezas e o cara só fica trocando ele de lado na rua para não parecer abandonado. Acreditem ele tem uma multa por excesso de velocidade em aberto do tempo em que ainda estava na ativa. Foi meu pai quem descobriu, porque ele também tem obra lá perto. Quem sabe eu ainda consiga convencer o dono a me vender? É justamente do ano que eu quero.

Anônimo disse...

Olá Felipe.

Tenho alguns amigos que dizem quase nunca encontrar os Pumas rodando pelas ruas da cidade. Só a título de curiosidade (principalmente para quem não é de São Paulo), porque vc não coloca o local, ou pelo menos o bairro ou cidade onde foram fotografados esses "felinos"

Abçs., Max-GTB

Luby disse...

Infelizmente tem varias pessoas que tem este pra mim é mal habito mesmo ou paranoia, encostam as coisas e nunca mais usam e deixam se deteriorar mas não dão pra ninguem e não vendem simplismente deixam acabar mesmo falo isto pois tenho um exemplo na familia com uma berlineta azul parada na entrada da casa a mais de 25 anos com as peças quase todas originais se consumindo no tempo e o parente não dá e não vende diz ele que vai restaura-la..

Gurgel disse...

Felipe,
Eu certa feita tentei comprar este carro que ficou estacionado na Martinico Prado por anos garimpei o nome e endereço do proprietário que não quiz nem conversa. Há ± 2 meses ele (O PUMA) desapareceu, espero que esteja sendo restaurado.

Gurgel

Felipe Nicoliello disse...

Thiago,
A história é exatamente essa, meu filho falou a mesma coisa que o cara muda de lugar para não parecer abandonado.
Max,
Não cito o endereço por questões legais. Vai que falo e o carro é roubado, podem colocar a culpapela divulgação. Assim como tb apago as placas, pelo mesmo motivo. Pelas placas pode ser conseguido o endereço do proprietário e já viu... Somente fotos de eventos eu deixo as placas, por estarem expostos e fotografados por muitas pessoas.

Gonçalves disse...

Em 2002 fui na Mooca ver um Puma GTS para comprar,no caminho vi um GTE 78 encostado na rua tal qual este das fotos...não comprei o GTS e fui atrás do GTE abandonado, conclusão: conheci o proprietário que era primeiro dono, o carro tinha motor 1.8 dubla Webber 40 comando P3 carter seco, bomba dupla 3 radiadores de óleo, iguinição accell, barra estabilizadora traseira, pinças de freio do Chevette, manual chave reserva...O dono um senhor com cerca de 65 anos de idade. No outro dia saimos para uma uma volta com ele dirigindo, o cara desceu a Paes de Barros a mais de 130 Km/h conclusão fiz uma oferta - paguei miseros 2800 reais...