quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Natal Tropical

Quando pensamos em Natal logo lembramos de Papai Noel e neve. Apesar de não termos neve, a informação importada do hemisfério norte, tornou-se costume. Não poderia deixar de fazer um Natal Tropical, um veículo genuinamente tropical derretendo a neve européia.
"Bom dia Felipe.
I'm sorry to write you in englisch but I learned my portugese on the street, I can speak and read it but wriring is to difficult for me yet.
I'm a dutchman who fell in love with a brasileira. So I try to spent as much time in Brasil as I can.
I think it's more than 10 years ago that I saw the first puma in my life. It was a wreck on the side of the street and I asked my girlfriend what kind of car it was. "Some kind of volkswagen"she said. I disagreed because volkswagen never made a little sportscar like that.
"Well I don't know anything about cars"she said.
About 2 years ago I saw a puma alive in the street.
I imediately fell in love with it and started to find out what car it really was. That's where the internet is for. So your blog came along also and helped me a lot to know more about puma's.
Reading about it and seeing some more driving around I decided that I wanted one in Holland.
Last year I went looking for one to buy and sent it to Holland.
This year in May i bought this 1980 GTE in Seropedica RJ. It was allready quiet well restored.
Then came the hard part, convincing the brazilian customs that YES it is possible to export a puma to Holland.
I finally won of the burocrats and the puma is here now.
It passed the "vistoria"and has dutch documents and licenseplates.
As you can see on the photos I'm waiting for the snow to disappear to drive my little puma on asfalto liso
So this was the story of this puma which left Brasil but will be loved and taking care of overhere.
Best wishes, merry christmas and a happy newyear.
Martin Ringoot - Swifterbant, Holanda."
Tradução Heitor Lellis Nicoliello:
Peço desculpas por escrever em inglês, mas aprendi português nas ruas então não sei escrever, só falar. Sou um holandês que se apaixonou por uma brasileira, então tento passar o máximo de tempo que posso no Brasil, mas é difícil para mim. Acho que devem ter mais de dez anos que vi o primeiro Puma em minha vida. Estava encostado numa rua e eu perguntei para minha namorada que carro era e ela disse que era algum tipo de VW, mas eu discordei porque a VW nunca lançou um carro esporte pequeno como aquele “então não sei, não sei nada sobre carros mesmo" ela disse. Há uns dois anos, eu vi um Puma ao vivo na rua. Eu me apaixonei na hora e comecei a descobrir que carro realmente era. E é para isso que serve a Internet. Então seu blog apareceu e me ajudou muito, a saber, mais sobre Pumas. Lendo a respeito e vendo mais alguns rodando por aí, decidi que queria um desses na Holanda. Ano passado, eu comecei a procurar por um para comprar e enviar pra Holanda. Esse ano, em maio, eu comprei um GTE 1980 em Seropédica - RJ. Já estava bastante restaurado. E aí veio a parte difícil: convencer os duaneiros de que sim, é possível exportar um Puma para Holanda. Finalmente eu venci a burocracia e o Puma está aqui agora. Passou pela vistoria e tem documentos e placa holandeses. Como você pode ver nas fotos, estou esperando pela neve desaparecer para dirigir meu Puma no asfalto liso. Então essa é a historia deste puma que deixou o Brasil, mas será amado e bem cuidado por aqui. Até mais, Feliz Natal e ótimo Ano Novo. Martin Ringoot
Mais um Puma que vai nos orgulhar na Europa. Tanks Martin. Merry Christmas and happy new year.

14 comentários:

Luby disse...

Esta é pra fechar 2009 com chave de ouro...

Adeni Renato disse...

Que este Puma tenha vida longa na Holanda. Para nós "pumeiros" este é nosso presente de Natal.

Anônimo disse...

Não compartilho com esta onda de este ufanismo pós Olímpiadas, mas cá entre nós, isto sim nos honra bastante, ainda mais que no senso comum, ser apreciador de carros antigos é ser visto como apreciador de velharias, carros ultprassados, etc...Muito bacana este presente de Natal!!!!Abs a todos, Cassiano

Dr. JMM disse...

Parabéns ao irmão holandês.
Levando nosso felino para as terras geladas.

smarca disse...

História legal a do Martin, especialmente por ser recente.

Já conhecia outras pessoas que tem Puma na Europa há bastante tempo, como nosso amigo Jürgen Munz da Alemanha, pessoa muito legal que conheci pessoalmente aqui no Brasil, com quem mantenho contato e que está na lista do PumaClube do Yahoo inclusive, mas uma história recente de Puma fora do Brasil foi a primeira vez.

Martin, um Feliz Natal para você e os seus e parabéns pela aquisição.

Pesquise na internet que verá que há encontros de pumeiros na Europa. Tanto na Alemanha, como já vi também fotos de um encontro que fizeram na Suiça no passado.

Mantenha contato pois, para nós brasileiros, é sempre motivo de orgulho histórias como a sua.

Grande abraço!

smarca disse...

Martin, só uma observação: não consigo ver pelas fotos, mas aparentemente sua placa dianteira está muito próxima ou mesmo colada na carroceria.

Observe que atrás dela existe um pequeno buraco por onde escorre a água e pequenas folhinhas de árvores que caem no canal que contorna a tampa do capo dianteiro.

Se a placa estiver junto da carroceria não tem como escoar.

Utilize um espaçador de borracha ou metal entre a placa e a carroceria (0,5 cm já é suficiente).

[ ]ão, Sandro.

Aluisio disse...

Bom saber que nossos felinos estão "espalhados" pelo mundo.
Observei que a roda traseira deste PUMA é diferente da maioria. Seria a roda dianteira com a tala aumentada?

Aluisio disse...

.

Anônimo disse...

Aluisio

Provavelmente essa roda trazeira a que vc de refere,deve ter sido torneida até junto da base da estrela,atingindo parte dessa com a finalidade de ficar polida.
Ao meu ver compremetendo em muito a resistência desta quanto ao cizalhamento e lateralidade.
Note que o pneu usado é de medidas maiores, comprometando ainda mais a resistência das rodas trazeiras.

abr
Josamar

Aluisio disse...

Ok Josamar, entendi. Obrigado.

Guilherme da Costa Gomes disse...

Muito bacana, esse Puma tornou-se um embaixador da inventividade e da história da indústria automobilística brasileira.
http://antigosverdeamarelo.blogspot.com/

Martin disse...

Thank you all for the nice comments.
Sandro, I think the water can still run out behind the numberplate but thanks for the advice.
About the rearwheels, Ithink they are modified because I've never seen them like this on another Puma. But they look awsome like this. Now I only have to change the rearviewmirrors for some that are adjustable, putting on a heatingsystem again and double carburators to have a little more power.
Abrazo. Martin

Renato Bellote disse...

Realmente os Pumas estão em todo lugar.

Abs e ótimo ano.

Felipe disse...

Tradução do comentário do Martin:
"Obrigado a todos pelos comentários agradáveis.
Sandro, eu acho que a água ainda pode escorrer por trás da placa, mas obrigado pelo conselho.
Sobre as rodas traseiras, acho que elas são modificadas, porque eu nunca vi este modelo em outro
Puma. Mas pesquisem sobre o assunto. Agora só tenho de mudar os espelhos retrovisores para um tipo ajustável, colocar o sistema de aquecimento de novo e carburadores duplo para ter um pouco mais
potência.
Abraço. Martin"

Martin, Aluisio e Josamar,

As rodas que estão na frente do Puma são as rodas traseiras de tala 7 polegadas. As rodas traseiras foram aumentadas de 6 polegadas para 9 polegadas, aumentando o lado externo da roda. Eram as rodas originais da frente.

The wheels are in front of the Puma are the rear wheels of splice 7 inches. The rear wheels were increased from 6 inches to 9 inches, increasing the outside of the wheel. They were the original wheels of the front.