quarta-feira, 25 de março de 2009

Puma, extrema paixão (2)

Continuando a novela que começou aqui . O Puma Pimentão que já estava no local a um certo tempo, fez a pergunta aos dois novos moradores: "O que está acontecendo aqui, onde estou?!" Achando que tinha partido dessa para melhor. Esfregando os olhos, percebeu que o local era o mesmo e que tinha ganhado novas companhias recém chegadas. O Puma Azul começou a contar: "- Eu estava a venda fui achado pelo SP no subúrbio, em uma calçada com um vendedor especializado em vender tranqueiras automobilísticas, aí ele me colocou no guincho e estava vindo para cá, quando outro guincho veio com o SP trazendo o mano aqui." O Puma vermelho exclamou: " - É eu tava lá no meio do mato, atirado aos gatos e as galinhas, quando o SP veio em meu salvamento, foi uma loucura, ele e SPêzinho, me pegaram e botaram no guincho rapidinho e fomos embora. Aquele chucro do antigo dono só ficou dando risada contando a bufunfa que recebeu. Aí chegamos junto do outro guincho, me cataram de novo e botaram junto com o mano aqui e viemos prá cá." O Puma azul: "É cara, acho que fui vendido baratinho, porque afinal de contas estou bem mais enxuto que o mano aqui. Mas e você, o que faz aqui? Faz tempo que chegou?"
Continua...

6 comentários:

Fernando Mascarenhas disse...

tem um 71 ou 72 ai no meio? não querem me vender? meu sonho!mas não tenho dinheiro pra comprar um zerado.. =/

Aqui quem fala é o Fernando que comentou sobre o volante walrod de gt malzoni esses tempos, por sinal ainda não restaurei ele, to meio sem tempo..

Cesar Costa disse...

E deixou o conversível no relento, ou arastou também? Este sr. SP parece uma draga!!!!

Felipe Nicoliello disse...

Fernando, não desista tem que procurar, ir a luta, correr atrás.
Cesar, não parece é uma. Vc conhece a draga...

Cesar Costa disse...

Felipe:
Tô sabendo... É o fotógrafo oficial do Puma Club do Rio!

Fernando Portilho disse...

Felipe,
Estes carros estão sendo restaurados?
Irão para alguma coleção, ou serão colocados à venda depois?
Se forem vendidos, gostaria de estar na lista de compradores.

Felipe Nicoliello disse...

Fernando Portilho,
Vc terá que acompanhar a novela para saber mais sobre o assunto. Infelizmente o autor não pode revelar os capítulos, mas te garanto que a história já tem até o final, o problema que vai ser tipo "Direito de Nascer". Para quem não conhece foi uma novela da Tupi nos anos 60 interminável, durou muito tempo.
No meu caso, a novela depende do andamento da restauração dos carros e das decisões de etapas determinadas pelos seus proprietários.