quarta-feira, 4 de março de 2009

Fora de área - Hofstetter

Em meados dos anos 80, conheci a fábrica dos Hofstetter na Vila Olimpia em São Paulo. Perceba que na janela do motorista tinha uma pequena janelinha, para poder pagar o pedágio, senão teria que abrir a porta. Motor central VW AP com turbo era um verdadeiro esportivo.
Alguns dizem que o Hofstetter foi derivado de um concept feito pela Bertone sobre a plataforma de um Alfa Romeo 33. Como todo concept car são feitos para demonstração e raramente chegam a produção, o Carabo, nome dado ao carro, também não foi produzido.
Na minha opinião, o Hofstetter foi derivado do Maserati Boomerang, alimentado por um motor V8 de 310 cv e 4.7 litros. Projetado por Giorgetto Giugiaro em 1971 e apresentado como conceito, ou seja, um carro com diversos problemas à solucionar. Em 1972 a Italdesign, escritório do Giugiaro, apresentou no Salão de Geneva o carro pronto, com todos os problemas solucionados, mas também não entrou em produção e só existe esse único exemplar no mundo.
Em um site enviado pelo meu amigo Luby, sobre os fora-de-séries americanos, entre suas 63 páginas encontrei uma que tinha o Hofstetter e outra com o Puma e na mesma página um Hofstetter Cortada, segunda geração, 1991. Vendo estas páginas percebemos que os brasileiros apesar de terem feitos poucos carros, damos de dez a zero em design nos fora-de-série americanos, na mecânica o placar é ao contrário. Outro dia no Sambódromo Paulistano tinha um desses Kit Car americanos bem detonado para vender, era um Sebring.

4 comentários:

smarca disse...

Eu, sempre que vejo, poucas vezes vi ao vivo, ou em revistas, bato o olho e me lembro de um ícone chamado Lamborghini Countach.

Felipe Nicoliello disse...

Sandro,
Depois do Boomerang, o sucessor dessas linhas é o Countach.

Cesar Costa disse...

Este Sebring nunca vi.Qual a mecânica?

Felipe Nicoliello disse...

Cesar, nos EUA eles vendiam ou ainda vendem, para utilizar diversos tipos de motorização, como a maioria dos fabricantes de Kit Car. Nesse que estava em SP, originalmente estava com VW a ar, mas o atual proprietário, que o deixou nesse estado, colocou um VW AP, não sei maiores detalhes.