sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Puma de amigo - GTE 1975

Na febre da "laranja mecânica", esse Puma GTE 1975 desse meu amigo foi restaurado em 2006 na Sportdaf, oficina no bairro do Aeroporto em São Paulo, comandada pelo meu amigo Domingos Avallone.

9 comentários:

Leo Gaúcho disse...

Parabéns, bonito carro!!!

smarca disse...

Eu e os limpadores de para-brisa ...

Um detalhe: mesmo que o Puma não tenha o cinto do estepe, porque nas restaurações não deixam o furo com um parafuso no lugar?

Assim, se algum dia resolver instalar o dito cujo, não precisaria furar a fibra com pintura nova correndo o risco de danifica-la.

Só uma sugestão a todos.

Anônimo disse...

Isto sim é restauração fidedigna!!! Com direito ao rádio de teclas AM (não sei se tem FM)da época ao invés dos modernos tocadores de cd!! Parabéns ao seu amigo, Felipe!! Abs, Cassiano

branquinho disse...

Lindo, lindo... Mais uma inspiração :) falando em Rádio... na minha cidade natal (Presidente Venceslau-SP) consegui um Motoradio AM 3 Faixas Push-Button novinho lindo lindo... vai pro Puma...
Abraços

F250GTO disse...

Lindo Tubarão.
Trabalho perfeito (mais um) do Domingos, tambem conhecido por Roberto Carlos.
Romeu.

André Pedras disse...

Belo carro, ótima restauração.
Tenho uma carroceria de GTE72 e muitas dúvidas. Você poderia montar um post sobre este modelo específico? Já li aqui que é um dos mais complicados.

Felipe Nicoliello disse...

Sandro,
Eu avisei meu amigo sobre a cor dos limpadores, mas como ele faz Rali de antigos com esse carro, o preto dá menos reflexo.
Quanto a furar para colocar a cinta, ficará aparecendo os parafusos externamente, como os modelos de 76 em diante, mostrando claramente uma coisa não original. Minha sugestão é fazer como fiz no meu 74, as pernas da cinta são presas nos parafusos do para-choque, funciona.

Leo e Cassiano, será transmitido.

Branquinho, sei bem que seu GTS ficará top.

Romeu, exatamente, o RC.

André, já publiquei muitas coisa do 72 aqui, veja em postagens mais antigas. Mas se tiver alguma dúvida é só me escrever.

smarca disse...

Felipe, eu cometi um engano!
Não sabia que os parafusos aparentes sairam apenas nos modelos de 76 em diante.
Sorry!
Mas fica a dica para quem está restaurando um Puma de 76 em diante: deixar os furos e os parafusos aparentes para o futuro.

Irineu disse...

Conheço o carro e o dono. Ambos "gente boa".