sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

O que é isso?

Andando pelas ruas de São Paulo, meu irmão me chama atenção para o Pontiac estacionado. Não aguentei e fui fotografar. Juro que nunca vi, placa preta com os números amarelos, isso existe?
Por isso que Brasília já está mexendo os "pauzinhos" nessa questão, haverão mudanças no Certificado de Originalidade para obtenção da placa preta. E tenho absoluta certeza que é para melhor, protegendo o significado da placa preta e acabando com essa coisa que cada um faz o que quer. Se existe lei são para todos!

9 comentários:

Hélcio disse...

Felipe, nunca vi esse carro aqui em vitória. Realmente, essa de placa preta com letra amarela forçou hein!
Abraços!

Dr. JMM disse...

ce ja pensou véio?
cada maluquice.
num da vontade de sacanear e chamar os puliças e obrigar a levar o cara pra DP pra lavrar BO e instaurar IP? aí já é demais.

Fernando Portilho disse...

Olá Felipe.
Se não houver a moralização da "Placa Preta", não vejo porque continuar a existir.
Exemplo claro disto, vimos em Aguas de Lindóia no encontro de 2008, um Volks "Hebmüller", até bem feito, porém ostentando uma legítima placa preta.
Sem dúvida um grande desestímulo a quem efetivamente leva as coisas a sério.
Abraço, Fernando Portilho

EGO's disse...

Interessante é que a placa traseira não tem o lacre, detalhe que ceratamente evidencia uma provavel "gambiarra"...

Rodrigo Lombardi disse...

Não tem lacre, e provavelmente não tem documentos.

"Olha seu guarda, placa preta com letra amarela. Não precisa de documento"

branquinho disse...

Tempos de crise... tirando a placa preta lindo este carro... triste é esta notícia http://economia.uol.com.br/ultimas-noticias/efe/2010/02/24/gm-anuncia-fim-da-marca-hummer.jhtm
A GM vai acabar com a Hummer e nos próximos meses com a Pontiac... :(

Jovino disse...

Eu não colocaria uma placa preta em meu carro de jeito algum e ainda dizem que no novo projeto quem tiver placa preta só o poderia usar em eventos. Vou repassar as fotos para o Roberto Nasser para ver o que ele diz.
Jovino

smarca disse...

Ihhh pessoal, vocês estão ficando neuróticos com essa coisa de PP.

Pode ser tanta coisa, especialmente sem o lacre na placa traseira.

Pensamento linear, na maioria das vezes, não dá muito certo.

Primeiro que o carro está estacionado, não está andando.

E, além disso, porque simplesmente o proprietário não colocou essa placa só por farra, para bater fotos, sei lá, ou qualquer outra coisa?

E se tiver uma placa verdadeira por baixo, cinza, normal, como já vi inclusive em alguns encontros de Pumas onde a pessoa coloca uma placa preta, também sem lacre só durante a exposição?

Pode ser tanta coisa, meus amigos.

Menos, muuuito menos, hehehe.

É como costumo dizer: A majestade está no carro. A PP é apenas uma coroa.

O que importa, verdadeiramente, é o carro, bem conservado, bem restaurado, bem cuidado, bem preservado.

Esse assunto, que até pouco tempo era um ilustre desconhecido para mim, a PP, confesso, já cansou um pouco.

Querem mesmo saber a minha opinião? A PP deveria ser abolida de forma total e irrestrita. Assim todos os carros teriam a placa cinza com números pretos e apenas o carro estaria em evidência.

Sou contra a PP, alimentadoras de ego apenas, favorável à extinção dela para todos os carros. Todos!

Inclusive meu Puma.

Felipe Nicoliello disse...

Vocês reparam bem, não existir o lacre. E não tinha placa alguma embaixo e nem selo no para-brisa de clube filiado. Portanto, pode ser um caso de falsidade. Mas mesmo sendo falso, por que pintar as letras de amarelo? Se for aplicada a pena, o veículo será preso do mesmo jeito e o proprietário processado por falsificação. Se deixasse as letras cinzas, ficaria mais difícil de ser apreendido, porque chamaria menos atenção. Mas de qualquer maneira, falsificar placa de veículo é o mesmo que falsificar um documento, com penas previstas em lei.
Qto a moralidade da placa preta, eu estava escrevendo aqui, mas resolvi dedicar um post só para isso.