terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Dia após Dia

O Puma GTS 1977 foi fotografado no Rio de Janeiro pelo meu amigo Marcelo Gargaglione, dono de um GTB S2 e GTE 1971. Com um perfil desse, pumeiro clássico, claro que ele ficou com dó e fotografou. Não me informou o local e nem se está parado a muito tempo no mesmo local, mas se estiver andando, fica no dia após a espera de uma restauração.As rodas não são originais, nem os espelhos...

... Mas dá um bom caldo, gostei.
Semana passada dei uma sumida porque estive passando uma pequena férias no Rio de Janeiro e vi pelo menos dois Puma nessas condições, um amarelo estacionado em Ipanema e outro andando em Laranjeiras. O Rio é um paraíso para os antigomobilistas, depois do Rio Grande do Sul. Andando pelo tracional bairro carioca de Santa Tereza vejo um casarão à venda, com cara de abandonado, lá no fundo da garagem, uma rara pick-up Gurgel X-20, parecendo ter sido iniciada a restauração e paralisada. Meus olhos de felino não deixam passar nada.

6 comentários:

Stael Alves disse...

Felipe uma dúvida: As 78 da primeira série usaram essas maçanetas externas? Tô procurando elas feito um louco, será que estou enganado?

Stael Alves disse...

Está faltando uma publicação sobre elas.

Felipe Nicoliello disse...

Não está enganado não, os primeiros GTE e GTS de 1978 usavam também as maçanetas de "patinha". Mas nesse caso chutei 1977, ele tem cara de 77.
Calma Stael, se eu publicar tudo de uma vez, vou ter que me aposentar, e acho que não quero não, EU GOSTO DE FALAR SOBRE PUMA.

Alex Z disse...

Felipe, dentro do parque do jardim botânico, há um puma em baixo de uma lona, se acabando. Vi este exemplar, em setembro deste ano.

Marcos Gagliardi disse...

O meu tem uma roda dessas no estepe!! Deve ser acessório da época...será?

Felipe Nicoliello disse...

Sim Marcos,
A roda Tijolinho aro 13 foi a coqueluche dos anos 70, começo ao final da década.