quarta-feira, 29 de abril de 2009

Sistema de Registros de Veículos - Tabela Denatran

Quando compramos um veículo tomamos diversos cuidados para não adquirir um problema. Verificamos queixas de roubo e furto, alienação, multas, etc., mas esquecemos de verificar o mais importante em um veículo antigo, o seu registro. Para aqueles que querem um veículo antigo, com direito a obtenção da placa preta tem que tomar muito cuidado com aquilo que está escrito no documento, principalmente se for Puma. Já vi diversos casos de pessoas adquirirem Puma com o ano errado correspondente ao modelo, com anotação de chassi remarcado (para isso veja logo depois do número de chassi se tem às letras REM, de remarcado), e muito comum entre os Puma GTB estar escrito VW/Puma. O caso que mostro nesse post é de um amigo, que comprou um GTB S2 em Brasília e no campo Marca/Modelo veio escrito VW/Puma. Os Estados que mais aparecem esse problema são do Rio Grande Sul, Distrito Federal e Centro Oeste. O problema acontece na origem inicial onde o veículo foi emplacado pela primeira vez e mais com Puma GTB. Alguns casos podem ter ocorrido nas transferências, mas esses são mais raros.
Quando um veículo nasce ele recebe um código emitido pelo Denatran e o carregará para o resto da vida. Não há como não ter esse código, que pertence a uma enorme lista do Denatran, classificando a marca e o modelo daquele veículo. Encontramos esse código no C.R.L.V. - Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo, aquele documento que nós andamos com o carro (não é o de transferência). Como exemplo abaixo, o documento de um Puma GTB S2 1979 que recebeu o código de um VW/Puma (veja os campos grafados).
Jamais ele poderia ter esse código, afinal é um GM/Puma, como mostra a tabela do Denatran abaixo, com o campo grafado em vermelho.
Mas na realidade o GTB recebeu o código simples de um Puma VW, o primeiro da lista abaixo.
Não posso afirmar com exatidão o por que desse acontecimento nas secretarias de Estados do Denatran e ninguém até hoje conseguiu me justificar tal fato. O meu ponto de vista a respeito, se deve ao fato, que na tabela, os modelos Puma não estão agrupados e o funcionário ao procurar na relação, ia direto ao VW/Puma, mais comum, mais usual. Procurando nesse campo não encontrava o modelo GTB, e por desconhecimento o funcionário, ele automaticamente colocava o único que não tinha nenhuma sigla posterior ao nome, prejudicando um veículo, que utiliza mecânica GM, grafado como VW. Atenção, essa é minha opinião, uma dedução lógica, mas não posso provar.
Agora para meu amigo reverter esta situação terá que enfrentar uma enorme burocracia, gastar um bom dinheiro e não terá certeza se conseguirá realizar a correção. Enquanto isso, a solicitação do Certificado de Originalidade para obtenção da placa preta, fica parado na FBVA - Federação Brasileira de Veículos Antigos, que não aceita e com razão, homologar um veículo que não corresponde ao seu certificado. Portanto caros amigos, muito cuidado na compra, sempre se certificando da origem e daquilo que vem escrito no documento. Para aqueles que não sabem, o meu amigo Rubens Rossato, da Master Fibra de Curitiba (41) 3288 7088, emite uma cópia do certificado de registro Puma, constante no "Livro de Registros da Puma", mencionando a data de fabricação, cor que saiu o veículo, números de chassi, motor, eixos, etc. Ele cobra uma pequena quantia para emissão do certificado, mas é uma garantia para comprovação dos dados.Isso não prova nada em relação ao Denatran, mas ajuda na aquisição de um Puma, para que o futuro comprador tenha a certeza do produto que está comprando. Muitos compram Puma fechado no documento e na realidade são conversíveis. Outros adquirem Puma com carroceria moderna sobre chassi antigo. Para que o sonho de um Puma Placa Preta não vá por água abaixo, todo cuidado é pouco.

4 comentários:

Lucas disse...

pqp, que blog! os assuntos nao acabam... parabens

Alex disse...

Felipe,
o registro de REMARCADO interfere no certificado de originalidade? Se sim, mesmo batendo todos os números de chassis, motor, caixa e etc?

Eric disse...

Esse é o blog! o Felipe me surpreende cada vez mais!
Agora, olhando a relação dos Puma "VW" tem um tal de VW Puma GTL! o que seria um Puma GTL???? nunca ouvi falar! será que você poderia me dizer???

Um forte abraço!
Eric

Anônimo disse...

Felipe, boa tarde. Dentro do assunto, fiz a transferencia de propriedade de meu GTE 77 e veio com capacidade de 05 passageiros????? Perguntei ao funcionário do detran(RJ) e ele informou que era o que constava numa tabela do denatran e que estava certo. Meu processo de transferência foi um saco e deixei por isso mesmo, mas duvido que esteja certo.Um abraço, Fábio.