terça-feira, 23 de abril de 2013

Espelho Puma - Copinho lado direito

O espelho retrovisor externo "copinho", que figurou na linha Puma de 1973 a 1978, nunca existiu a peça do lado direito, mesmo porque somente caminhões, ônibus, furgões e camionetes utilizavam esse equipamento, por não terem a visão traseira do retrovisor interno. As avenidas e estradas eram com apenas duas faixas de rolamento e era expressamente proibido ultrapassar pela direita. Isso vale para o Brasil e países da Europa. Com o tempo, as avenidas e estradas foram ganhando mais faixas, o transito crescendo e houve a necessidade da visão direita para mudar de faixa. Na Europa a mudança começou a ser sentida em meados dos anos 70 e no Brasil no final dessa década. Alguns modelos de automóveis brasileiros somente ganharam esse espelho nos anos 80 e outros, principalmente a linha mais barata, como Fusca e Fiat 147 de 1986, nem tiveram o espelho do lado direito. Tornou-se obrigatório, em todos automóveis no Brasil, a partir de meados dos anos 90.
O espelho retrovisor copinho encontrado atualmente no mercado foi fabricado para atender os apaixonados pelos seus carros originais, que necessitavam desse para andar normalmente pelas vias cada vez mais movimentadas. Quem realizou copiou exatamente como o modelo esquerdo, mas a técnica não é bem assim.
 Como o espelho é apenas invertido ao modelo esquerdo, por mais que se incline o vidro, o campo de visão ideal não será atingido pelo motorista.
 Isso se deve ao fato que a posição do motorista dentro do veículo, não é central. O espelho direito obrigatoriamente tem que ser mais inclinado para dentro que o outro, em qualquer modelo ou tipo de espelho. Sendo limitado pela inclinação do vidro para regulagem, jamais vai se conseguir uma visão perfeita.
No meu Puma não tem esse espelho, porque quero dirigir e ter as sensações dos anos 70, mesmo que essas sejam limitações. Quando restaurei o Puma GTS da minha esposa, ela pediu a colocação desse espelho. Pensei comigo, para quê? Se colocar o copinho, não servirá para nada, se colocar outro modelo, vou tirar a originalidade.
Em virtude disso, desenvolvi uma fórmula fácil, funcional e que não altera a aparência do copinho.
Na compra desse espelho, ele vem com dois furos para instalar o pezinho, ficando fixo em uma posição.
 Para mudar a fixação, abri o furo da extremidade do copinho, em formato de curva para o lado interno, lado que fica para o carro. Esse rasgo tem 1 cm de comprimento
 Quando da instalação do pezinho, o parafuso de trás terá regulagem, mudando o copinho de posição, podendo virar todo o conjunto para o olhar do motorista.
 Assim, o copinho ficará com movimento, em uma posição que dará maior regulagem para o vidro. Depois de achar a posição ideal é só apertar os parafusos, tudo antes de colar o vidro.
Para ajudar a visão direita, mandei cortar um vidro convexo no mesmo formato do modelo que vem no espelho. Apesar de diminuir a visão que se enxerga, amplia o campo visual, pegando o ponto cego. Na hora de colar o vidro, coloquei o máximo possível para a direita (foto abaixo), assim a inclinação do vidro irá ser maior para dentro do que para fora, o que é interessante para o caso.  
 E assim o espelho fica utilizável e com a mesma aparência, apenas o copinho é mais fechado que o lado esquerdo... É só comparar com o  primeira foto.
No final das contas, o espelho direito não foi instalado no GTS, a minha esposa acatou minha opinião. A foto acima é montagem.

8 comentários:

Irineu Desgualdo Jr. disse...

Quer dizer que essa útima foto aí acima é montagem? É não! Se for, parabéns pro autor que ficou muuuuito bom. He he he...

Eduardo Nogueira disse...

show de bola, acho q agora resolvo este problema da minha gte.. obrigado mestre...

Comandante disse...

Caro mestre Felipe,
Saudações antigomobilísticas. Dica genial, só poderia vir de um mestre como você. Vou resolver meu problema. Grande abraço,
Heriberto.

Deni disse...

Fiz exatamente isso na minha. Ficou "utilizável"

Anônimo disse...

Ola Felipe

fiz exatamente o mesmo ajuste no meu puminha - o copinho acab nao
apontando exatamente na mesma direção que o outro - mas ao menos
consigo ver bem...

Otima materia parabens

Kai-Uwe

Felipe Nicoliello disse...

Obrigado amigos.

Irineu, o b r i g a d o pelo elogio, fui eu mesmo. Não só a última como a primeira são montagens, afinal o GTS da chefe não tem esse espelho no local, ele está aqui do meu lado, servindo de modelo fotográfico.

Uma coisa que não falei, além do espelho ser convexo, o vidro é o azul do BMW, mais como charme, pelo carro ser prata.

Felipe Nicoliello disse...

Esqueci, a terceira também é montagem...

Eduardo Nogueira disse...

fiz e ficou show, finalmente consigo utilizar o espelho do lado direito, que antes servia apenas de enfeite... muito bom... valeu mestre... abs