sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Manual do Avaliador da Placa Preta

Conforme solicitações a respeito do Manual do Avaliador para vistoria da placa preta, perguntei a FBVA se poderia se publicado e a reposta do meu amigo Songa:
" - Eu não vejo problema algum... Até acho que quanto mais divulgar a planilha da FBVA, menos erro o cara faz na hora da restauração. Nas palestras que eu faço sobre placa preta, eu mando um arquivo em PDF, para os clubes imprimirem e usarem como apostila. Acho até importante poderem repassar ao máximo número de pessoas. Isso é informação. É uma maneira de mostrar que a FBVA preocupa mais com o seu carro bem restaurado do que com Direitos de uso de informação restrita, que não é o caso deste manual. Abraços. Songa"

12 comentários:

Alex disse...

Excelente Felipão!

MSalinas disse...

Sensacional Felipe!! Agora não terei desculpas se aparecer na vistoria com o carro ainda incompleto...

smarca disse...

Eita! Cabra bom!

Angelo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Angelo disse...

Porque eles colocam o puma como exemplo na seção de réplicas ?
e se super 90 pode ter placa preta
qualquer chamonix com mais de 30 anos deveria poder também

branquinho disse...

Opá, vamos ver se da pra encarrrrarrr...
Abraços

Felipe Nicoliello disse...

Obrigado moçada, mas o "cara" é o Songa da FBVA, que sempre me atende rápido.

Angelo,
Sabe com o é... Por isso minha luta pela discriminação com Puma.
Claro que quando tiver 30 anos, um Chamonix poderá requerer a placa preta, mas só depois de trintinha, o que deve demorar bastante tempo, lá para 2022!

Angelo disse...

o cara é um Somga monga
o chamonix e o americar do roberto carlos p/ mim isso tudo pode ter placa preta agora chamar puma de réplica no manual da placa preta da fnva é estupido quem escreveu esta porqueira ? Puma não é réplica de nada !

Glauber disse...

Felipe, bancos são item excludente para a placa preta. Contudo, se um Puma GTS/GTC 1979/80 estiver com os bancos do GTB/P-018, que são da mesma marca, também inteiriços, conquanto do ano errado, há exclusão?
Pergunto porque meus bancos não são originais, eu não acho os originais nem com reza braba mas achei os do GTB, que são muito bonitos!

Felipe Nicoliello disse...

Glauber,
Bancos não são excludentes! Passam a ser excludentes se a troca for por outros de concepção diferente, bancos individuais em carros de bancos inteiriços ou vice-versa. Um Fusca com banco inteiriço - existia um acessório de loja desse tipo na época - seria considerado excludente. Não entrando nessa situação os bancos perdem pontos, de zero a seis. Acontece que é uma grande pontuação para se perder integralmente. Tivemos um caso de um Fusca 1964 com bancos originais do Fusca 1965, o carro não passou, porque perdeu seis pontos nos bancos, somados aos outros pontinhos que foi perdendo, não conseguiu atingir os 80 pontos.

Gusta Mattos disse...

Cor do veículo alterada. Não consta no catálogo. Mas é cor de época que existiam em outros veículos da época de fabricação. É item excludente?

Felipe Nicoliello disse...

Depende da marca do carro. No caso Puma é aceita a cor de outros veículos, pois por não ter catalogo próprio, os veículos eram pintados com cores das montadoras nacionais e algumas cores de Porsche. Será aceita a cor desde que do ano do Puma ou ano anterior, isso se ele não for 1979 ou 1980, pois nessa época a Puma Indústria de Veículos tinha catalogo próprio. Outras montadoras não são aceitas cores que não pertencerem ao catalogo de cores do ano.