sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Regulamento para veículos Hot Rods

Parece um começo para os veículos Hot Rods, mas ainda existem muitas aparas por realizar. Hoje é missão impossível legalizar um veículo Hot Rod e não podemos fechar os olhos para essa classe dos apreciadores da modalidade, que vem crescendo ao longo dos anos. Há de se encontrar uma solução viável para a regulamentação e somente assim, com projetos e discussões chegaremos lá. Ainda é um projeto de lei, o primeiro passo, aos poucos a regulamentação sai.
Vejam a notícia:
Notícia para os apreciadores e apaixonados por carros: a Comissão de Viação e Transportes (CVT) aprovou por unanimidade, nesta quarta-feira (21), o parecer do deputado federal Mauro Mariani (PMDB/SC) ao Projeto de Lei 1.715/2007, que legaliza a situação dos veículos antigos que circulam pelo Brasil, conhecidos como hot rods.
A proposta altera o Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9.503/1997) e especifica as modificações que poderão ser feitas em veículos fabricados há mais de 30 anos, além de exigir que a expressão “veículo antigo modificado” conste dos registros dos automóveis. Com a regularização, os veículos poderão ter, por exemplo, a carroceria, cor, potência ou o combustível modificados.
O relatório de Mauro Mariani foi apresentado com substitutivo ao projeto original, de autoria do deputado Arnaldo Jardim (PPS/SP). De caráter conclusivo nas comissões, a matéria deverá ser apreciada ainda pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.
Fonte: Assessoria de Imprensa Mauro Mariani

2 comentários:

Eduardo Nogueira disse...

bom, é o inicio mas acho pouco por exigir que o veiculo tenha mais de 30 anos... Puxa vida, se o cidadão compra o carro, é dele, vai modificar a gosto dele, que passe por uma vistoria rigorosa de segurança então. Afinal quem é o proprietário ?

Henrique Vargas disse...

Prezados amigos,

No caso de alteração de motor, potencia/cilindros e etc, sabem dizer como fica o limite de 10% sobre a potencia original?

Abraços.