quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Rodas Puma GTE / GTE Spider 1970 / 1971 / 1972

Em 1970, a Volkswagen fornecedora da plataforma para o Puma, mudou a concepção mecânica, passando o motor 1500 cc para 1600 cc, junto o conjunto de suspensões e freios sofreram alterações. A suspensão dianteira agora de pivô com bitola maior 1.316 mm (antes 1.305 mm) e a traseira com novos suportes e bitola maior que a dianteira 1.358 mm ante aos 1.288 mm anteriores. Os freios dianteiros contam com discos, traseiros a tambor e furação das rodas de 4 furos.
Devido a essas alterações mecânicas a Puma fez algumas alterações em relação ao modelo anterior, a principal delas foi adoção de uma nova roda de magnésio. Fabricada em magnésio pela Scorro, com o código S2, tinha aro 14" e tala 5,5" nas quatro rodas, com pneus 165 SR 14 na dianteira e 185 SR 14 na traseira. Opcionalmente o cliente poderia solicitar rodas mais largas na traseira de tala 7", com os mesmos pneus.
Essa roda foi apelidada de "Tijolinho" e a Scorro fabricava também em aro 15 para ser utilizada na linha VW, aproveitando os pneus 5.60 x15 que originalmente usavam. Em Puma, esse modelo somente aro 14, NUNCA saiu de fabrica com outra medida.
Os Puma GT 1970 já tinham a concepção mecânica mais moderna e essas rodas.
Os primeiros GTE de 1970 continuaram a utilizar esse modelo Tijolinho...
... Independentemente da motorização utilizada.
Em 1971, o GTE continuou utilizando o modelo Tijolinho...
... E o pneus os famosos radiais Pirelli Cinturato, em uma época onde o comum eram os pneus diagonais. A diferença entre eles é que nos radiais existem cintas de aço entre as camadas de borracha, deixando mais firmes, com menos torção em curvas.
A pintura das rodas eram na cor cinza médio para escuro (não é grafite para rodas) e com algumas partes com o magnésio polido, como mostra a figura abaixo.
No Puma GTE Spider, primeiro conversível Puma, sua unidade inicial, apresentada no Salão do Automóvel de 1970, ostentou as rodas Tijolinho. Esse Puma aparece em várias fotos de publicidade e percebemos em se tratar do mesmo veículo, porque as rodas traseiras são exageradas tala 8".
Logo depois, já na linha de montagem, a Tijolinho foi substituída pela Roda Estrela. Um modelo exclusivo da Puma.
Fabricada também pela Scorro em magnésio, a roda Estrela era oferecida nas mesmas medidas das anteriores, ou seja, 5,5" nas quatros rodas, com o opcional de tala 7" na traseira. Os pneus os Pirelli Cinturato 165 SR 14 e 185 SR 14, dianteiro e traseiro respectivamente.
A partir de meados de 1971 a Puma unificou seus modelos com o mesmo tipo de roda. O GTE começou a utilizar as rodas Estrela também. Em 1972 apenas a roda Estrela era de linha.
Sua característica principal era a pintura e as partes polidas, que lhe davam nitidamente o desenho de uma estrela. A fórmula abaixo aplica-se unicamente aos modelos GTE e GTE Spider dos anos de 1971 a 1972.
Abaixo a foto de uma roda Estrela original sem restauração.
Uma curiosidade moderna: hoje fabricam a roda modelo Estrela, de tala estreita para pneus finos utilizada como estepe, o famoso "estepinho".

16 comentários:

Luby disse...

Excelente materia Felipe...
grande abraço
luby

Anônimo disse...

Felipe,

No 'meu estepinho' do new focus vão '60 lbs':

- "Quanto vai neste aí?"

Abçs,
Ronaldo

Mazinho Rocha disse...

Muito bom Felipe! Sugiro que você indique também quais as medidas "atuais" dos pneus para estas rodas, já que na maioria dos casos as medidas originais não são mais fabricadas .Abraços, Mazinho!

Fernando Portilho disse...

Felipe, fantásticas as duas postagens sobre os modelos de roda
Na minha opinião o modelo estrela é o mais bonito utilizado no Puma.
Quem fabrica o "estepinho", fabrica nas medidas originais?
A réplica é bem feita?

Kainan disse...

Aqui na rua da minha casa passa um Fusca com rodas tijolinho com a pintura padrao original do GTE 71', se um dia eu flagrar ele e tiver com a minha camera por perto tiro foto.

Felipe Nicoliello disse...

Obrigado Luby.

Ronaldo, fugiu as aulas de pressão... É muita pressão, eu entendo! rsrs

Como falaram no post seguinte sobre pressão de pneus, serve para lá e cá: A pressão dos pneus é determinada pela suspensão, peso do veículo, tipo de pneu, condições de uso, construção do pneu, etc.
Portanto, esse pneu deve ter uma variável de calibragem que deve ser calculada com o peso do carro, certamente deverá ser bem maior que a calibragem dos pneus oiginais, acho que ficaria entre 35 a 45 libras.

Mazinho já falei no post posterior.

Fernando, quem fabrica é a RM Rodas de São Caetano do Sul-SP.

Kainan, tirar fotos? Pegue o cara pelo pescoço e fale para ele te vender essas rodas, se vc não quiser comprar eu compro, mas claro se forem aro 14, porque aro 15 eu não quero.

Felipe Nicoliello disse...

Fernando, desculpe, não respondi por completo. A RM fabrica as rodas no modelo original, mesmas medidas, é bem feita, porém são extremamente pesadas, mais que rodas de ferro. Isso se deve ao fato de eles fabricarem em molde de areia e não em molde injetado. Como o metal é despejado no molde, eles colocam muito material para que com o peso, não crie bolhas de ar, comprometendo a segurança das rodas. Isso é bom, porque as rodas são seguras, mas em contra partida são bem pesadas. Para passeio servem sem problemas, agora quem roda muito em estradas ou vai para pistas de corridas, elas comprometem o peso não suspenso da suspensão.

Kainan disse...

Pode deixar, quando ver de novo arranco fora o pescoço dele. XD
Não respondi antes pois agora é fim de ano e na escola tá f... e quero me ver o quanto antes livre de lá pra não ficar de recuperação. Aluno exemplar. XD
Tenho só 15 anos, mas sou louco por carros antigos e fora-de-série. Doeu muito quando meu pai vendeu o Emis Art dele ano passado.

Kainan disse...

AH, me esqueci Felipe. Pelo o que vi elas parecem sim ser aro 14, e estão bem integras.

Felipe Nicoliello disse...

Então demorou Kainan! Aro 14? Corre atrás, depois da escola é claro, estudar é super importante. Eu que sou de 1954, modelo 1955, portanto com 55 anos (ainda vou fazer 56 lá no finalzinho do ano), ainda continuo estudando.
O Emis Art, projeto de Paulo Renha do Rio de Janeiro, era um carro bem simpático, o único penalti eram as portas copiadas de Chevette. Elas casaram bem com o desenho do carro, ficou perfeito, mas o Paulo poderia dar uma disfarçada para não parecer porta de Chevette. No restante, eu adorava o desenho do mini-carro.

Dock disse...

Suspeito, que as rodas tijolinho não fossem pintadas ao sair de fabrica. A razão para tanto é que recentemente procurei restaurar um jogo. Elas estavam pintadas de alumínio, mas ao tirar esta tinta não tinham outra camada de pintura por baixo e sim uma camada de oxido; este tem uma cor muito semelhante à cor que se vê nas fotos antigas. Eu pintei as rodas, mas usei a cor do oxido como referência e parece que ficou próximo ao que se espera. Outras pessoas que já fizeram isto têm como confirmar ou negar esta suspeita? Se por o caso envio fotos das rodas.

Felipe Nicoliello disse...

Dock,
Você está correto, nesta época retiravam as rodas do molde e poliam apenas as partes necessárias e o restante ficava em estado bruto, conforme saiu do molde. Até o local era mais poroso que o normal.
Não citei isso para não dar um nó na cabeça de todos, porque raramente encontramos rodas tão antigas em sua forma original, quase sempre sofreram um polimento ou uma pintura principalmente, porque o magnésio enchia o saco para polir e o pessoal preferia pintar a roda toda.
Mas é isso mesmo, uma camada de óxido de magnésio.
Saiba mais sobre o magnésio aqui:
http://www.infopedia.pt/$magnesio

mario nascimento disse...

felipe voçe de parabens pelos otimos comentarios sobre os pumas, e comentarios sobre essas lindas rodas

Alan Bortoluzzi disse...

ola Felipe, gostaria de tirar uma dúvida, existe a possibilidade de usar pneus sem Câmara nas rodas de puma?

Felipe Nicoliello disse...

É uma loteria. As rodas não foram feitas para pneus sem camera, algumas rodas dão certo, funcionam, outras não, principalmente as de magnésio. Melhor usar câmera para garantir de não encontrar o carro com os quatro pneus murchos.

ROLIÇO disse...

Meu fusca veio com essas rodas quando comprei
E não sabia o nome delas e nem modelo
Graças ao seu post eu descobri a história das rodas do meu carro
Obrigado