sexta-feira, 3 de julho de 2009

Curiosidades

Quem ainda não sofreu com a troca de pneu de um Puma, VW e outros derivados? Por não ter pino guia, como nos Fiat, a gente tem que segurar o pneu no alto e ao mesmo tempo encaixar o parafuso. Se tiver em lugar escuro, aí o sufoco é maior.
Os jovens não conhecem e os mais velhos talvez nem lembrem dessa "traquitana". Inventada, em meados da década de 60, para ajudar o motorista na troca do pneu furado.
Muito bem bolada, útil e simples, mas o grande problema é o espaço para guardar no porta-malas. Em um Fusca já é ruim por ser mínimo, imagine em um Puma!

3 comentários:

Carlos disse...

Mestre Felipe
A solução da Puma nos Pumas após 76 (ou exportados)era melhor e se guardava no kit de ferramentas.
Um abraço
Almendra

Luby disse...

Bem bolado mesmo mas eu ainda sou mais as 2 guias que costumo fazer, aprendi este detalhe a tempos atraz quando usava uns alargadores num fuscão que tive e quando compravamos os alargadores creio que era kadron junto vinha um par de guias....

Felipe Nicoliello disse...

Carlos,
Realmente o pino guia veio para ajudar e muito. Para quem não sabe é um longo parafuso sem cabeça, que se rosqueia na panela ficando um pino para encaixar a roda. Coloca-se os outros 3 parafusos e depois tira-se o pino guia e coloca o último parafuso.