terça-feira, 3 de abril de 2012

MENOS UM - GTS Branco Modificado

Há muito tempo, o meu amigo Péricles Cruz do Rio de Janeiro-RJ tirou essas fotos de um álbum de fotografia de um amigo dele, por isso a baixa qualidade fotográfica.
As modificações promovidas nesse Puma não são tão ruins, analisando apenas no aspecto desenho, porque qualquer modificação em um clássico é jogar dinheiro fora.
Houve a preocupação na escolha das lanternas traseiras, de década diferente ao ano do carro, que harmonizou muito bem, apenas um pouco grande. As saídas de ar quente do motor na saia traseira ficou muito bonita.
 A frente, apesar de desenho contemporâneo, deformou mais que o Puma GTC com para-choques borrachão. Faltou um detalhe para diminuir essa cara de "sorriso" que o Puma ficou.
 Internamente nada de excepcional, apenas aquilo que se aplica nos automóveis atuais.
 Visto de lateral, a saia inferior prejudicou o desenho, deveria ser mais leve, pois a proposta realizada não é de um esportivo de alto desempenho, assim como o spoiler dianteiro, que visto de frente é quase imperceptível, mas de lado, compromete o desenho pelo mesmo motivo das saias. A solução da traseira ficou melhor que o original, parecendo mais curta.

3 comentários:

Comandante disse...

Caro mestre Felipe,
Realmente é uma pena, mais um exemplar que desaparece numa espécie em extinçao,...... típico do ser humano.
Tão importante foi fabricá-los, como agora é conserva-los.
Feliz PASCOA para todos.
Heriberto.

Benicio disse...

Ficou com cara de um "Puma 1.0"

Goodtimes disse...

Olha, não quero criar polêmica até porquê não sou adepto de transformar qualquer tipo de carro clássico, mas confesso que esta poderia ter sido uma evolução natural do GTS se tivesse sido proposta pela fábrica.
Mas claro, com um pouco mais de estudo no design, principalmente na dianteira e nas lanternas traseiras, que eu achei harmoniosas, mas um tanto exageradas, concordando com a opinião do Felipe.