segunda-feira, 29 de agosto de 2011

O que é isso?

Um raro modelo GTE Spider 1972, que se propõe a ser referência, ser notado e comentado ter as lanternas originais colocadas completamente fora da posição? Não é perfeccionismo, elas estão muito longe de sua posição original. "Tá feio prá caramba"!
Não sei onde está o Puma e nem de quem é, eu só comento aquilo que jamais poderia acontecer.
As fotos são do meu amigo Leonardo Flach.

20 comentários:

Deni disse...

Lamentável...
Me admiro do cuidado que o pessoal tem com a pintura, rodas, para choques... São tão caprichosos em algumas coisas e relaxam feio em outras...

By the way, Comprei os retrovisores do Edward, recomendo muito. Obrigado pela dica.

Falando em dica, também comprei o polidor Meguiar's. É simplesmente inacreditável o que ele faz sem esforço. Eu tinha polido as 4 rodas à mão e sei bem como é difícil "puxar" o brilho. O Meguiar's deixou um espelho...

Você ou alguém que passa por aqui tem as medidas exatas da localização da maçaneta patinha?
Minha fera é 77 modelo 78 GTE porém está com maçaneta do ALFA Romeo Ti4.

Abraço a todos

Luis Wiener disse...

Pô, mas a "táboa" de passar roupa na traseira ficou show, não concordas??

Leonardo Timm disse...

Felipe, primeiramente as fotos são minhas, eu havia lhe enviado durante a exposição algumas imagens das Pumas expostas e estas dos modelos estão em meu blog. Era uma exposição com 30 exemplares nacionais com motor boxer da VW e já está encerrada.

Sobre os erros, posso afirmar que houveram alguns outros. Nos 3 automóveis da marca Adamo ocorreu uma confusão de nomes, senão engano apenas 1 estava correto. Nos Gurgel houve um jipe com nome trocado, em virtude deles serem muito parecidos em suas versões, mas especialistas da marca e até algumas matérias de época trazem as diferenças de um modelo para outro, como identificá-los, ou seja, neste caso com um pouco mais de pesquisa poderiam ter acertado os modelos.

Enfim, apenas quero deixar registrado que sempre é necessário efetuar as críticas com respeito, cito isto pois a maioria dos colecionadores não compartilha seu acervo para que visitantes possam conhecer, seja em exposições, eventos, o que for. O que os proprietários desta coleção fizeram nesta exposição (e pretendem fazer com um futuro Museu abrigando todos exemplares) é uma atitude louvável e para muitas pessoas vai ser uma oportunidade única de ver os modelos pessoalmente. É uma coleção muito grande e creio ser complicado atingir tudo na perfeita ordem original de montagem nos casos de restauração, mas acredito que a intenção deva ser sempre fazer o melhor.

Enfim, que todos erros notados sejam sempre comentados pelos especialistas de cada marca/modelo pois para leigos na marca Puma, como eu, é mais uma fonte de conhecimento e se torna um novo detalhe a reparar.

Um abraço do Sul,
Leonardo Timm
Passo Fundo/RS

Fernando Portilho disse...

O comentário do Deni é bastante oportuno.
Tanto capricho com a restauração e um descuido imperdoável na colocação das lanternas.
Não sei como foi feito o interior do carro, porém externamente, ficou perfeito, à exceção é claro das lanternas.
Mas, sempre é tempo de corrigir falhas como esta, afinal, temos o Felipe (nosso grande mestre), ainda bem não é mesmo?

smarca disse...

Sempre no sentido construtivo, como deve ser, faltou falar:

- Ausência de pintura preto automotivo do miolo das rodas
- Limpadores que deveriam ser prata
- Falta do brucutu
- Falta do retrovisor interno
- Retrovisor externo deveria ser da cor do carro

Agora ... belíssimo Puma com destaque para as maçanetas.

Que se há de fazer se o Felipe criou um séquito de monstros detalhistas, hahaha.

walter ramos disse...

È de admirar !

A moçada blogueira do Puma Classic não deixa escapar nada .
Gostam de tudo "bem explicadinho , nos minimos detalhes " .
Será que nos outros espaços sobre carros , os frequentadores são assim exigentes ?
Com a palavra , o mentor desse blog .
Diga lá , grande FELIPE !!!

Abraços exigentes !

Walter

Leo Gaúcho disse...

Ao Leonardo Timm,

Sim Leonardo, eu encaminhei as fotos para o Felipe anteontem a noite e realmente busquei elas na net, e sim, foi em seu blog pois verifiquei agora.No entanto no momento em que as encotrei apenas as selecionei e baixei e depois encaminhei.Portanto, quero deixar claro aqui que as fotos são de autoria do Leonardo Timm, meu conterrâneo gaúcho.


Duas coisa me chamaram atenção neste carro, uma foi o ressalto da carroceria na posição da placa.Também não sou entendido, mas a carroceria 72 não tinha isso, pelo menos dois 72 conversíveis que estão aqui no DF e que eu conheço não tem.A outra é a abertura falsa do capô dianteiro.A distancia da parte frontal do capô até o inicio da abertura falsa é grande, diria muito mais que o do original, posso estar errado, talves seja a posição em que a foto foi feita.Agora, tudo aqui citado, desde as observações do Sandro que acredito que aqui na turma é o mais criterioso, são a fim de dirimir duvidas ou buscar alternativas, suposições ou até esclarecimentos aos que talves estão fazendo um, ou já tem um, ou ainda terão um modelo destes.Eu particularmente discordo do Leonardo Timm ao citar talves que algum dos comentários foi feito sem respeito, cito*"... que todos os comentários devem ser feitos com respeito.".Nós estamos numa linha de discução, pessoas que gostam da marca, que estudam detalhes, que querem sempre a perfeição de seus e de outros carro pois o foco é a preservação da originalidade deles, por isso acho isso tudo normal.Contudo tenho que concordar também com o Leonardo, pois a iniciativas deles, do dois irmãos é louvável, e como é!!!Pegar carros assim, procurar buscar a perfeição, muitos talves apenas o chassis, uma total reecontrução, ainda mais nesta linha de nacionais esportivos... isso não é para qualquer um não!
Quando enviei as fotos para o Felipe, reitero, foi no intuito de indagação; se deixarmos assim, talves outros carros possam aparecer desta forma e isso com certeza ocasionaria duvidas em relação a referencia do original e com certeza choque de informações, o que culminaria na perda de tempo de pesquisa.Se não mantivermos posição ao que é ou não certo nestes carros, principalmente nos nossos Pumas, perderemos um trabalho já realizado, e isso não pode acontecer.

Léo Gaúcho
Brasília-DF

Felipe Nicoliello disse...

Leonardo,
Muito obrigado pelo seu comentário. Depois que publiquei, o Léo me falou que as fotos ele pegou na Internet. Percebi que era o Museu, mas não afirmei por não ter certeza. Como o Léo é gaúcho, pensei que tinha fotografado. Peço desculpas pelo erro.
Quanto ao erro do modelo citado, não critiquei detalhes como esses que o Sandro mencionou em seu comentário e não fui detalhista ao extremo, porque senão criticaria até os quadros de porta, que sei até onde foram feitos. Mas isso cada um faz como acha que deve ser, eu procuro ensinar para sempre melhorar, mas minha indignação foi a instalação dessas lanternas absolutamente sem critério, nem pegaram uma foto do carro original para fazer mais ou menos igual, não ficaria perfeito, analisando por foto e sem medida, mas lhe garanto que não ficaria completamente errado. Fiz a publicação para alertar meus leitores a respeito do assunto, para sempre ter critério em qualquer passo da restauração.
Aproveito para lhe parabenizar publicamente pela ideia do museu, com exposições temporárias e carros de diversos colecionadores, isso é um grande incentivo ao antigomobilismo. Mesmo que aconteça pequenas falhas como essa, o espaço é muito importante para o Brasil, que infelizmente guarda pouco de sua memória. A sua iniciativa e de todos os adeptos que contribuem para fortalecer nossa história.

Felipe Nicoliello disse...

Quando comentei, o comentário do Léo Flach não tinha entrado.
Sinceramente não vi isso dos comentários sem respeito.
O único do Luís citou a respeito da tábua, criticando a Puma e não o carro, afinal esse modelo saiu com aerofólio. Se teve outro já foi removido pelo próprio autor, verificarei... porque em meus arquivos não conseguem remover.

Leo Gaúcho disse...

Ha sim Felipe, bem citado, o quadro!!!Uma lástima, dois perfis em "U" soldados para formar o "H"...vixe isso me deixa triste!!!!

Leonardo Timm disse...

Leo (meu xará) e Felipe, talvez eu tenha sido meio breve nesta frase e peço para esclarecer: quis dizer que as críticas devem ser feitas de forma respeitosa, como foram feitas aqui. Em nenhum momento achei que faltou respeito até porque se isto tivesse acontecido nem me daria ao luxo de comentar, visto que não tenho relação alguma com a Exposição ou a coleção em si, apenas gosto das iniciativas e moro na mesma cidade. O comentário foi porque vocês devem saber que pela internet é muito mais comum criticar de forma pejorativa do que realizar algo efetivamente, então em alguns locais as críticas tomam um rumo um pouco desrespeitoso. Porém aqui foi por motivo e razão claramente entendidos, e uma pena mesmo o exemplar ter tanta coisa a desejar.

Eu considero interessante que seja feito isto, pois como disse, quando é corrigido acabamos por notar estes detalhes em algum exemplar similar. Muito pior seria se os "especialistas" guardassem rica e vasta história só para eles.

As exposições estão encerradas ali naquele local e agora aguarda-se que seja feito o Museu do Transporte que abrigará muitos modelos, mas é necessário uma outra melhoria importante: esses carros expostos praticamente não tinham material escrito vinculado a eles e profissionais ao redor que possam contar a história (ou parte dela) com conhecimento, mas isso fica como uma sugestão e tomara que seja pensado nesta parte para o futuro.

Sobre as fotos, não me devem desculpa visto que as publico exatamente para compartilhar com pessoas que não possam vir pessoalmente ver. Acabei citando pois leio normalmente o blog Puma Classic e achei justo, mas peços desculpas se pareci arrogante.

Novamente um grande abraço do SUL a todos, e lamento qualquer inconveniente.

Luis Wiener disse...

Amigos, peço desculpa pela ironia em meu pequeno comentário, mas como o Felipe sacou, apenas critiquei o aerofólio que a Puma colocava neste modelo. Se este modelo fosse lançado hoje, exatamente como este da foto, eu desaprovaria como comprador o aerofólio e talvez as lanternas em um segundo plano, por isso meu comentário.
Aproveito para parabenizar a iniciativa do museu, pois sou um entusiasta do preservacionismo, embora sei que é muito difícil e oneroso ter um carro nos padrões originais, imagina uma coleção, ora por falta de grana ora por falta de informação.
Quem não passou pela situação de vc chegar na oficina determinar tal serviço, após exaustiva pesquisa, e ao retornar o FDP do cara fez diferente do que foi determinado??
Para ELES, é apenas um detalhe que não muda nada, mas para quem pesquisou é um desastre...
Desejo de coração, boa sorte a iniciativa e sei que o blog, Felipe e seus seguidores estarão aqui para auxiliar de alguma forma ou outra, os idealizadores deste projeto com idéias, dicas, informações e críticas construtivas algumas brincadeiras também, pois estamos entre amigos, certo?!
Sds a todos e vamos em frente!!
Luis

Adão Emilio disse...

rapidinha: Temos dois Leos gauchos.
e pelo jeito de gosto identicos.
pumabraço aos dois.

Helena disse...

eu, mesmo não tendo muita experiência no assunto, pois sou nova na sala do mestre Felipe rsrs, percebi logo de cara que as lanternas estavam muito afastadas, fora do normal, estou aprendendo muito com os comentarios e postagens, espero tirar nota 10 na prova em mestre?? rsrs, abraços (:

Leo Gaúcho disse...

Ao Leonardo Timm:

Tranquilo cara, agora estamos todos entendidos.Peço desculpas também, pois pelo que parece eu quem entendi errado!!!

Ao Luís:

Realmente o aerofolio parece uma mesa de passar roupas, mas vi pessoalmente um destes em um Puma que estava no encontro em Jundiaí e te confesso que até gostei!Pelo menos não tem nada de "Velozes e Furiosos"(rsrssr), mas até caiu bem!

Ao Adão:

Grande amigo, obrigado!!!Pelo que parece mesmo temos mais um pumeiro!!!

Felipe Nicoliello disse...

Leozito,
Vc gosta desses quadros, fala a verdade, sei que gosta! rsrs
Foi o Léo que me chamou atenção.
Leonardo,
Concordo com vc e apesar de não ser especialista em Puma, seu pensamento é como o nosso, de construir e preservar. Muito obrigado pelo seu valoroso comentário, abriu um campo enorme para a boa discussão, ajudando a construir a cordialidade e nossa história.
Luís,
Mesmo no ano de 1971, no lançamento do Spider, o aerofólio era opcional, se o cliente fosse como vc, eles não colocavam. Mas isso era um modismo de época, como foram as lanternas laterais e como é hoje as rodas de diâmetro gigantesco e lanternas transparentes na traseira.
Helena,
Mais uns dez anos e vc tira nota 10, rsrs ou será que vc vai ser prodígio?

Luis Wiener disse...

Leo Gaúcho, Felipe ou alguém da lista:
Tenho uma dúvida:
Gostos e preferencias a parte, vcs que ja presenciaram este aerofólio, vcs acham que realmente tem algum "efeito" aerodinâmico ou é puramente estético?
Dentro da minha ignorância, duvido muito que em velocidades inferiores a 150Km/h tenha algum efeito...
Com vcs a palavra!!

GTI1993 disse...

Léo Gaúcho Macho, qual é o esquema do perfil dos quadros? To boiando.

Sergio Tempo disse...

Ao GTI1993, permita-me uma correção:
vc escreveu "...Leo Gaúcho Macho...", isso é lenda, é igual enterro de anão.
Concordas Leozito??
abs

Leo Gaúcho disse...

Luis, apenas estético, apenas estético!!!

GTI, repare no quadro e verá que a parte que divide o quebra vento do vidro lateral é duplo, ou seja dois perfis em "U", soldados contrapostos formando um "H"!!!Esta peça é simplesmente larga demais!!!Comprei um quadro destes do cara e mandei devolta!O cara me disse que fui o único que devolveu a peça dentre umas 30 já vendidas.Cara, quem conhece meu GT sabe de tudo que ainda tenho para fazer nele ou de algumas coisinhas que já poderia ter feito, mas te confesso, não tive coragem de colocar esta peça redícula nele, não tive!!!!