sexta-feira, 8 de abril de 2011

Maçanetas externas Puma GTE/GTS 1976/78

As famosas maçanetas "patinha", por parecer uma pegada de puma vieram junto com o novo modelo lançado em março de 1976.
Falamos das maçanetas externas anteriores aqui. Agora vamos falar tudo das maçanetas patinha. Projetadas pelo nosso amigo Paulo Sérgio, o PS, ele conseguiu melhorar a linha de produção com o novo modelo. Como ele mesmo nos relata: " - Quando eu desenhei uma maçaneta que evitava o rebaixo na carroceria, onde se colocava a mão e ela era cromada, saliente, todos na fábrica acharam um show, saiu na praça e foram detestadas."
A verdade realmente foi essa, substituir um produto aclamado pelos consumidores não é nada fácil, os problemas de novos produtos. Nem sempre a amostragem de opiniões revela a realidade, nem mesmo com avançados tipos de pesquisa, porque o consumidor pode ter uma opinião na primeira impressão e depois mudá-la sem ter muita explicação.
A maçaneta anterior era uma identidade Puma, pela exclusividade, pelo desenho esportivo, etc., e na mudança, mesmo que para melhor, porque resolvia diversos problemas, a grande maioria não aceitou, engoliu apenas. A maçaneta de botão anterior não tinha como ser colocada na nova carroceria, porque as portas são mais espessas e teria mesmo que fazer um modelo novo, mesmo que fosse de botão, exatamente como aconteceu depois com as maçanetas do modelo 1979. Apesar de serem de botão, parecidas com as antigas do modelo 1975, elas tem a mesma construção das maçanetas patinha.
Essa maçaneta era fabricada exclusivamente para a Puma, diferente de tudo que existia. Era formada por uma peça injetada, que ficava na parte externa da carroceria e...
...Apoiava o bujão do segredo e todo mecanismo interno. Fixada pela parte interna, por dois parafusos de fácil colocação, como no modelo anterior.
Desenho moderno e aerodinâmico realçava na lateral pela grande área cromada.
Abaixo duas maçanetas, uma montada e outra desmontada com as peças na sequência de montagem.
Era simples, eficiente e não muito onerosa na sua fabricação.
Outra vantagem dessa maçaneta era ter chaves exclusivas com o emblema Puma. No começo existiam dois modelos de chaves para as maçanetas, a primeira (E) desenho exclusivo sem similar; a segunda(D) apesar do emblema Puma, o formato era o mesmo da chave do caminhão Mercedes Benz.
Abaixo vemos a maçaneta instalada, visto pela fenda onde vai colocado o vidro lateral.
E o detalhe do encaixe na fechadura.
A única peça não exclusiva Puma nessa maçaneta era o bujão do segredo, que utilizava o mesmo do caminhão Mercedes Benz 608D. Esse é um detalhe caro para fabricação em qualquer tipo de fechadura, e no caso, havia a necessidade de um bujão com diâmetro menor, devido ao desenho e construção. Esse modelo de bujão era o único disponível pelo fabricante.
Abaixo a maçaneta do 608D de 1973 até 1980 e pouco.
Reparem que o bujão tem um desenho singular, muito diferente da grande maioria de bujões.
Apesar de ser charmosa, a maçaneta patinha deu lugar a nova maçaneta de botão em meados de 1978, portanto nesse ano podemos encontrar os dois tipos de maçanetas.

20 comentários:

Anônimo disse...

É verdade. Levei em conta, talvez pelas primeiras vezes, as mulheres, pois perguntei a várias colegas de unhas grandes se teriam dificuldade em acioná-la. Elas inclusive gostaram da peçinha. Sr. José Maria entusiasmou com o desenho! Ronaldo é pai junto! Quando bateu na rua..... Que desastre! Minha vingança em peças desse tipo são as dobradiças da tampa traseira que são bonitas até hoje e usadas em tampas de fibra nas capotas de pick-ups e para os baús de motos de entregas. Essas tem mais de trinta anos de sucesso.
PauloSérgio

Anônimo disse...

PS, voce sempre foi um genio em tudo o que criou! Dizer que "pensou nas mulheres" mostra a sencibilidade de um profissional inteligentissimo ... tendo como objetivo, atender a todos.
Parabens!

Anderson Lira disse...

poxa vida, não sabia que aquelas bodradiças que hoje são intituladas de UNIVERSAL foi criada na Puma.

Vivendo e aprendendo!!!

Anônimo disse...

Sim, PS!

Mas eu tb já havia citado, aqui, o projetista 'Odair Banin':

- Será q ele fez só o layout da montagem disto tudo(?) na porta, etc.

Lembro q/o desenho da carcaça (q era bem complexo!) ficou bem simples, até p/q mantivemos os componentes internos de produção:

- E ñ tivemos 'nenhum problema' com a 'Univel' no desenvolvimento e fabricação.

(Ronaldo)

Anônimo disse...

O q era p/ocupar um grande formato de papel de desenho -digamos um 'ABNT A2' (ou um formato 'A4' multiplicado por 4, é isso PS?), teria cabido fácil num formato A3:

1 - "Curvas da peça se acomodaram com simples raios de diversos tamanhos e localizações!"

2 - "O suporte do 'bujão' ou miolo da fechadura foi indicado dentro dos padrões da autopeceira UNIVEL."

(Ronaldo)

Anônimo disse...

Tb se buscou sair do padrão Ferrari q tb tinha algo do gênero:

- "Apenas q -a grosso modo!- a concavidade da nossa se transformava em convexidade, portanto o botão ficava embutido em um orifício cônico p/caber o dedo ...tb complicado p/dedos maiores, etc."

(Ronaldo)

Anônimo disse...

Mestre Ronaldo
Agora, nesses detalhes você me derrubou. Não me lembro.
O desenho tecnico da peça, e criação, fui eu e você que pilotamos. Num A3.
Nesta época, para mim o Odair Banin só fazia "o motor" com você.
Miltão olhando e perguntando duas vezes ao dia, no mínimo.
PauloSérgio

Anônimo disse...

Estranho este GTE branco sem retrovisores na segunda foto.
Ricardo Augusto.

Alex Z disse...

Ps e Ronaldo,

Só tenho um comentário. Nostálgico ver discussões com tanta "vida" sobre um trabalho realizado a tanto tempo.

Aaaaaaaaah como queria ter estado nesta fábrica também! rsss..

Abs!

Stael Alves disse...

Ufa! Finalmente hein Phill, depois de aproximadamente dois anos de espera, saciado com bastante informação. Obrigado!

Alex
Como palpiteiro, gostaria muito de ter estado lá também, mas nessa época eu vivia minha "era pré-espermatozóica". kkkk...

PS e Ronaldo,
Nem sei falar o quanto eu admiro o trabalho de vocês, na Puma. Simplesmente fantástico. Sou fã dos dois.

Anônimo disse...

Encontramos lá na PUMA um ótimo ambiente de:

1- excelentes desafios,
2- boas informações,
3- trabalho em geral

(Ronaldo)

Anônimo disse...

Stael e seu Puminha?
Como vai seu trabalho de recuperação de um Puma.? Dei meu email para você via Nicoliello com telefones e endereço.
Estamos as ordens, Ronaldo e Nicolieiio são os chefes.
PauloSérgio

Ramoswr disse...

Amigos

Brilhante matéria colocada no blog.
Os autores intelectuais da fechadura (PS e Ronaldo )merecem elogios e admiração pela criatividade e inovação que impuseram na peça .
Este espaço realmente acaba se tornando a referencia pra quem gosta destes nossos carros.

Felipe , cada vez mais vejo um "Puma Textbook " em gestação . Colaboradores e admiradores não faltarão .

Abraços .

Walter Ramos

Anônimo disse...

Epa!
Agora ampliei as fotos...
Mais um 'artista' surgiu:

- "...o Diretor de Fotografia!"

Eu sempre guardava imagens com estas maçanetas:

- "...agora tá de bom tamanho!"

A '4R' tem aquela página final c/o melhor e o pior dos carros:

- "...tempos atrás provoquei-os, acho q temeram a reação da 'Comunidade Puma' ou nos ignoraram, ...notar tb a pouca presença da Puma na 'nova coleção de 4R' ...sobre carros em geral, notei tb q alguns 'momentaneamente maus jornalistas' ficam mto irritados c/o 'Tema Puma' ...pois certa soma de impostos ficou a receber, etc."

- "O carro ñ tem nada a ver com isso, nossos queridos jornalistas!"

(Ronaldo)

Stael Alves disse...

PS, meu Puma anda a passos de tartaruga, trabalho nele cerca de 3 a 4 dias por mês(são as horas que tem sobrado pro pobre coitado). Ainda não dei o "grito" de socorro porque ainda não foi oportuno. Mas pode deixar que na hora certa chamo pelo socorro de vcs.

Felipe Nicoliello disse...

Demais as observações aqui sendo feitas.

Naquele tempo eu estava transformando um Fusca em Hot, nos moldes americanos e queria muito alterar as maçanetas. Como sempre fui apaixonado pelas de Puma (de botão), tentei adaptá-las, mas eram muito compridas e as portas de Fusca estreitas. Aí, já no balcão de peças da MM, pedi as recém chegadas maçanetas do PS, olhei, virei, olhei de novo, medi, essas vão dar certo e exclamei: - Quero duas! Quanto é? Depois que o antipático vendedor me disse o preço exclamei de novo: -PUTZ! Foi o meu salário do mês, mas comprei. Aí o vendedor deixou de ser antipático, e me atendeu a contento. Sabe como é, na cebça dele, moleque pedindo peça cara é só para encher o saco de vendedor. Os fuscamaníacos só conseguiram mudar as maçanetas de Fusca com a chegada das de Alfa Romeo 2300 (a mesma utilizada no GTI/GTC), antes ninguém conseguia essa mudança e como meu Fusca só apareceu em público em 1981, ninguém copiou a formula.
Obrigado Paulo Sérgio e Ronaldo pela criação.

Felipe Nicoliello disse...

Ricardo Augusto,
O Puma saía de fabrica sem retrovisor colocado, ele vinha no porta-luvas e quando o proprietário comprava o carro, um funcionário do concessionário pedia para o sortudo sentar no Puma e colocava de acordo com sua altura e ou posição de dirigir.

Anônimo disse...

Acho q esquecemos de comentar mais q/o objetivo desta maçaneta era facilitar o acabamento da carroceria:

- "...'aquele rebaixo' -p/ encaixar os dedos!- ...necessário p/acionar o sistema anterior, requeria um trabalho artesanal adicional no 'acabamento da fibra' e tb na 'preparação p/a pintura'."

P/grande cobrança do Milton -aqui lembrada p/ PS!- isso tinha todo o sentido.

(Ronaldo)

kakule disse...

gostaria de saber sobre o quebra sol da GTE de qual carro possu utilizar?
Obrigado

Felipe Nicoliello disse...

O quebra-sol era próprio do Puma. Tente a Super Clar (11) 5549 2698