quarta-feira, 26 de setembro de 2012

Galeria do Rinaldi - Roda "Bolo de Noiva"


14 comentários:

Nando disse...

Agora essas rodas do léo estão em Belém do Pará, vão pro meu fusquinha 69 brabo.

Nando

Leo Gaúcho disse...

Chique demais estas rodas!!!!

Adão Emilio disse...

Mandei fazer um jogo aqui em sampa pra 69 que estou restaurando, ficaram showwww, aro 14. um dia, rsrsr, que espero seja breve, coloco as fotos.

Anônimo disse...

Essa roda é simplesmente muito bonita ......

Ernani D.Ferreira

Luby disse...

estranha esta roda....

Felipe Nicoliello disse...

Luby,
Ela é aro 14" e não 13" original.

Rinaldi disse...

Luby

Agora que você falou tambêm achei estranha. Na maioria das rodas "bolo de noiva" que vi a posição da válvula é na dobra da banda de rodagem. Acho que esta é uma réplica, não sei se é possível trocar a posição da válvula em roda de antigas.....Felipe o que você fala.

abraços a todos

Rinaldi

Felipe Nicoliello disse...

Meninos,
Essa roda é tala larga e aro 14. Não acredito ser réplica, pq parece magnésio e ninguém faz réplicas de magnésio por questão de cu$to.
Léo explica aí a parada.

Fernando Portilho disse...

o CENTRO DA RODA CONTINUA SENDO 13, O AUMENTO DO ARO DE 13 P/ 14 ESTÁ NAS LATERAIS.

Leo Gaúcho disse...

Piazada, estas rodas foram o segundo item que comprei para meu carro.Comprei primeiro o volante F-1, depois as rodas e depois, finalmente, o Puma GT 1500, 1969!!!Bem, estas rodas comprei na época pois não eram de magnésio como parecem, e sim de alumínio.Pois é, o Afonso da Prontorodas me disse que na época dos "Pinicos"(D-3) a Scorro fez uma leva de rodas de alumínio.Bem, isso foi o que ele me disse.Quando comprei, elas não pareciam nem um pouco com as que são fabricadas em São Caetano, pois estas não possuem bolhas ou porosidade aparente.Bem, como eram de alumínio, pude trabalhar ela toda.Na verdade peguei o miolo e instalei em uma roda 14, moderna.Este processo é possível, simples e prático, reitero, quando a roda for de alumínio.Até hoje não conheço quem faça este tipo de serviço em magnésio.Fiz estas duas pois gostava de viajar neste carro, e estas rodas, agora 14" associadas a um pneu alto(70) e cambio 8x31 me davam condições de rodar em velocidade aproximada de 120 km/h com o carro ha cerca de 3 mil/rpm/min, excelentes para longas distancia, pois vc economiza combustível, o motor gira "solto" e o barrulho é baixo.Tenho saudade do bichano!!!

Felipe Nicoliello disse...

Tá explicado.
Léo, obrigado e magnésio não pode soldar em locais de esforço, ele quebra novamente, por isso não fazem isso com magnésio. Além disso, soldar magnésio é du carilho, se não souber, pega fogo rapidinho em tudo, é um material de alta combustão. Já viu pinheiro seco pegar fogo? è igualzinho, ninguém consegue parar o processo de queima depois que começou e não sobra nada.
Realmente a Scorro fez algumas das rodas Bolo de noiva de antálio (ligas de cobre, alumínio e outro material que esqueci o nome) e não alumínio. Esse material é perfeitamente soldável.

Leo Gaúcho disse...

Felipe, pode ser antálio sim, são leves, consistentes e sem porosidade nenhuma, diferentes das réplicas de alumínio que se vê hoje.

Luby disse...

agora sim, a roda do meu bugre kadron foi feita pelo meu grande amigo Afonso e é neste esquema tambem ele manteve o miolo original e trocou os aros as traseiras são 10" aro 15 para poder calçar os pneus dany bugy e as dianteiras originais de 6' aro 13..o material da roda é alguma liga que não sei qual é mas sei que as rodas não são de magnesio não..
abs
Luby

ps. aqui no blog tem fotos do meu bugre com as referidas rodas..

Fernando disse...

Pessoal, as rodas tem a marca da Scorro por dentro do aro.


Qualquer dia bato umas fotos e envio pro felipe!

Abraços