sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Reportagens - Oficina 1972 - Motor 8 cilindros

A reportagem da revista Oficina de novembro/dezembro de 1972, enviada pelo meu amigo Eduardo Tonin, traz sobre o motor de oito cilindros que a Puma queria criar. No mesmo molde dos Fittipaldi, que fizeram o Fusca com dois motores VW a ar emendados, a Puma também tentou e não deu certo. O Miguel Crispim não participou deste projeto, era comandado pelo Milton Masteguin. A carência de melhores motores e a falta de dinheiro era tão grande, que todos tentavam de tudo, para melhorar o desempenho dos esportivos nacionais e a Puma, como uma boa competidora em corridas, não fugia a regra.

12 comentários:

Benicio disse...

Caros colegas Pumeiros,

Por falar em Pumas de corrida, vejam que interessante este anúncio de um Puma bastante modificado:
http://www.jameslist.com/advert/138719/for-sale-vw-race-car

João Cesar Santos disse...

Será que é esse motor que está no Museu do Automobilismo Brasileiro, em Passo Fundo/RS ?

EGO's disse...

Sempre ouvi histórias sobre este projeto mas é a primeira vez que vejo fotos. Impressionante !

Luby disse...

Bem lembrado João Cesar talvez seja este motor mesmo que esta no museu...

Mazinho Rocha disse...

No blog que cita anisio http://www.obvio.ind.br/O%20VW%20Fusca-Fittipaldi%20de%20dois%20motores.htm conta a história do "fusca fitipaldi" com o motor 8 cilindros. vale a pena dar uma olhada. Abraços!!!

Stael Alves disse...

Posso estar enganado, me corrijam se estiver, mas o do museu é o motor Jamaro.
Este motor equipava o protótipo Jamaro construido pelos irmãos Jair e Jairo Amaro. O bimotor só foi usado em testes do protótipo, Bob Sharp e Vicente Domingues o pilotaram algumas vezes. Originalmente era um 2600cc (dois 1300) hoje equipado com kits 1500 é 3.0, foi recuperado por Paulo Trevisan e está funcionando, mas ainda sofre com problemas de lubrificação.

Chico Biela, conhecido dos amantes dos boxers está atualmente trabalhando na construção de outro B8 (boxer 8 cilindros) que chama de Nexus-8, junto trabalha num B6 (Nexus-6) e um B2(Nexus-2).

Felipe Nicoliello disse...

Benicio,
Já falei deste Puma três vezes, veja em:
http://www.pumaclassic.com.br/2009/06/puma-pelo-mundo.html
http://www.pumaclassic.com.br/2009/06/puma-pelo-mundo-off-road-2.html
http://www.pumaclassic.com.br/2010/04/puma-pelo-mundo-off-road-3.html

Moçada,
O Stael está correto, o primeiro projeto é o Jamaro, depois o motor dos irmãos Fittipaldi e por último o motor 8 cil. da Puma. Existem diferenças entre si, mas a filosofia a mesma, ou seja, fazer dois motores a ar VW funcionarem juntos. Mas nenhum deles teve a ousadia e dinheiro para fazer o que a VW fez para o motor do Bugatti, juntar dois V8 Audi lateralmente, formando o motor em "W". Talvez se junta-se os dois motores a ar na forma de cruz, poderia dar certo, quase um rotativo. Ó eu viajando na maionese...

Stael Alves disse...

Faz muito bem Felipe, se não fosse viajando na maionese, quem fabricaria carros de corrida numa fazenda do interior. Nessa fazenda fariam um carro para tentar o recorde nacional de velocidade, que seria conseguido e tal recorde sustentado por várias décadas. Viajar na maionese as vezes dá certo.

João Cesar Santos disse...

Não quero contestar ninguém, mas no blog do Mestre Joca saiu informação de que os irmãos Jair e Jairo Amaro já declararam não ter sido eles os construtores do motor vw 8 cilindros: http://mestrejoca.blogspot.com/2010/03/mitos-e-verdades7.html ...
Vale a pena ler o texto do Joca e os comentários, inclusive do Trevisan.

Cesar Costa disse...

Independente de ter sido ou não construído pelos irmãos, o motor do Trevisan é o mesmo da Puma?

http://www.fotolog.com.br/berlineta/41958023

Luby disse...

Sei não amigos mas a origem do motor que esta com o Trevisam talvez seja o da puma mesmo, inclusive o João lembrou bem sobre a discursão que rolou no blog do mestre joca..

aquila disse...

Fantastico. Ja tive 3 pumas e sou um fã da marca. Nunca tinha ouvido falar neste motor.
Este site já virou parada obrigatoria no meu deia a dia